Connect with us

Wanessa

Com álbum totalmente em inglês a caminho, Wanessa não quer comparações com estrelas internacionais

Cantora fez seu primeiro show em Salvador no último final de semana.

Published

on

Depois de dez anos de carreira, Salvador recebeu pela primeira vez o show da cantora Wanessa. Ela tirou o sobrenome Camargo, mas poderia substituir por Camaleoa. Ok, somente pelo fato de soar drag, desistimos dessa ideia.


Ela já fez pop romântico e agora a estrela está investindo num som para as pistas de dança que beira ao “bater cabelo”. Mas ela é mais. A nova fase, mais pop e dançante de Wanessa vem sido acompanhada por um selo tipo exportação. Basta conferir o vídeo de ”Worth It” para se ter uma ideia.

Ao receber o POPLine no camarim, nos reconhecendo entre uma multidão de fãs no pós meeting, Wanessa revelou que cantar em inglês é requisito nesta fase. “A música pede. Já imaginou ”Worth it” em português?”, questionou demonstrando seu lado divertido ao cantar refrão “abrasileirado” de sua nova música de trabalho.

Apesar do inglês ser a linguagem da sua nova fase, Wanessa descarta comparações com artistas internacionais e lançamentos fora do país. “O mercado lá fora é outro, os videoclipes internacionais são bem mais caros”, ela pontua. Ainda assim, por todos os motivos, a cantora melhor se aproxima dos ares de artista gringa, um trunfo em meio às cantoras brasileiras que seguem a linha dance no Brasil.

Estratégias como musicticket são usadas em seus shows – uma espécie de cartão musical que os fãs recebem para baixar seu novo material na Internet. Uma mega iluminação e projeções em led também fazem parte do pacote “master” do show da cantora.

A produção local, no entanto, não acostumada em trabalhar com artistas deste porte, pulou essa parte. O show em Salvador foi executado com estrutura de palco compacta. Do jeito que anda o ritmo de megaproduções na terra do axé, talvez não será preciso mais 10 anos para os baianos conferirem o show completo da estrela.


Fotos: Uran Rodrigues

Questões locais à parte, Wanessa interagiu com o “neon trend” e trouxe duas dançarinas usando colãs florescentes. Com muita energia e presença de palco, apresentou um repertório recheado de faixas de sua fase mais contemporânea: novos hits em inglês, os sucessos que compuseram trilhas de novelas e covers de cantoras internacionais – MIA, Britney Spears e Madonna estão na lista. Uma escolha legitimamente pop, executada muito bem ao vivo, e aprovada por um fã clube expressivo e pelo público LGBT, que hoje está debaixo do seu guarda-chuva, e canta todos os seus hits.

Um deles, Fallin For U, já está subindo pelas paradas, dentro e fora do país. Mas Wanessa escolheu outra faixa desta nova era como preferida e mal pode esperar para apresentá-la. “Adoro ”Stuck On Repeat”. Quero muito cantar essa música nos shows, me divirto muito com ela”, diz a cantora, deixando pistas para seu próximo single.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



POPline Mix




Ranking