in ,

Cody Simpson diz que terminou com Miley Cyrus para se dedicar ao esporte

O australiano está se dedicando à natação.

Foto: Instagram @codysimpson

Miley Cyrus e o cantor australiana Cody Simpson namoraram por cerca de 10 meses e terminaram em agosto de 2020. Na época, não ficou claro o motivo desse rompimento, mas o rapaz tem dado entrevistas que deixam a situação bem clara. Segundo ele, eles só estavam em momentos diferentes da vida. 

Leia Mais:

Foto: Instagram @codysimpson

Cody Simpson agora está se dedicando com força à natação. Para se destacar no esporte, é preciso muito treino. Portanto, o motivo tem muito a ver com isso. Ele falou em entrevista ao The Kyle and Jackie O Show neste 19 de abril.

Foi meio que uma decisão mútua entre nós, já que sabíamos que estávamos seguindo jornadas diferentes na vida“, disse ele. “Eu tinha acabado de começar a treinar. Então, minha vida estava mudando e eu sabia que eu ia ter que me mudar de volta para a Austrália para treinar profissionalmente. Ela estava preparando o seu novo álbum e ia viajar em turnê em seguida. Tinha uma pedra no meio do caminho“, relembrou.

Portanto, ficava difícil manter o namoro com tantos planos desencontrados. De qualquer forma, eles passaram a quarentena da covid-19 juntos e tiveram momentos bem íntimos.

“Nós estávamos em lugares diferentes na vida. Nós tivemos um ótimo ano juntos e estávamos vivendo na mesma casa por causa da quarentena do COVID”, finalizou.

A amizade continua

Condy Simpson acredita que o rompimento aconteceram de forma natural. Dessa forma, eles continuam amigos.

Assim como qualquer outra pessoa em nossa idade, estamos decidindo o que queremos ser e o que queremos fazer com nossa vida“, disse ela no Instagram na época. “Então, não fiquem surpresos se aparecermos comendo uma pizza juntos na semana que vem. Somos amigos há 10 anos e vamos continuar assim“, explica.

Escrito por Caian Nunes

Império da Casa Verde exibe alegoria em homenagem a Carlinhos Maia

Insucesso de "Animais Fantásticos" não afetará projetos de mais spin-offs de "Harry Potter"

Insucesso de “Animais Fantásticos” não afetará projetos de mais spin-offs de “Harry Potter”