Claudia Leitte. Foto: Divulgação
in ,

Claudia Leitte desabafa sobre depressão e ansiedade e alerta fãs

Cantora foi convidada pela ABRATA para dialogar sobre o tema no mês do Setembro Amarelo

Sempre engajada em causas sociais, Claudia Leitte aproveitou o Setembro Amarelo, mês que dá início a campanha de prevenção ao suicídio, iniciada em 2015, para falar sobre casos de ansiedade e depressão com seus fãs. Em suas redes sociais, a artista tirou um tempo para falar sobre o tema e alertar sobre o acolhimento que todas as pessoas devem receber.

Claudia Leitte. Foto: Divulgação

Não é a toa que ela foi convidada pela ABRATA (Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos) para abraçar a Campanha Setembro Amarelo – “Bem Me Quer, Bem Me Quero: O diálogo sobre depressão e ansiedade pode salvar vidas”, neste ano.

“Pensem aqui comigo, vocês já tentaram explicar pra alguém a sensação que o som ou uma música provoca na sua mente e no seu corpo? É difícil, né! E quando a gente quer explicar um sentimento bom ou ruim, muitas vezes a gente não consegue explicar o que sente. E falar sobre outros assuntos como depressão e ansiedade é mais difícil ainda. E esse é um assunto muito sério”, escreveu Claudinha nas redes sociais.

A partir desta abertura, muitos fãs começaram a conversar com a artista sobre suas experiências e a agradeceram por tocar no assunto. Ela, claro, se sentiu lisonjeada por conseguir ajudar. Vale lembrar que a voz de “Extravasa”, que está prestes a completar 20 anos de carreira, citou a importância de iniciativas como esta

“A campanha estimula o diálogo, a escutar sem julgar, e a acolher quem precisa de ajuda. É muito importante a gente se conscientizar sobre as aflições daqueles que convivem com essas doenças. Afinal, somos milhões de pessoas tentando ter suas emoções e sentimentos compreendidos e como diz a canção: ‘Pra que todo mundo seja livre pra poder sorrir e buscar seu lugar ao sol’. Eu convido você para abraçar esse movimento também Bem Me Quer, Bem Me Quero”, completou a cantora.

Com o objetivo de conscientizar a população sobre depressão, ansiedade e prevenção ao suicídio por meio da valorização do autocuidado e do papel fundamental da rede de apoio, a ABRATA e a Viatris, empresa global de saúde, lançam a campanha “Bem Me Quer, Bem Me Quero: O diálogo sobre depressão e ansiedade pode salvar vidas”, a ser realizada durante o Setembro Amarelo – mês de prevenção ao suicídio.

E o transtorno é mais comum do que parece. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil lidera o ranking de casos de depressão na América Latina: são mais de 11,5 milhões de brasileiros sofrem com a doença, e ocupa o topo do mais ansioso do mundo. São cerca de 19 milhões de pessoas têm transtorno de ansiedade no país.

 

Escrito por Leonardo Rocha

Loja Regards: CDs da Dua Lipa em promoção ou com frete grátis

Bil pediu conselho a Juliette antes de entrar em “A Fazenda 13”