in

Charli XCX quer socar a cara do presidente da Academia do Grammy Awards

Poderia ser um título sensacionalista, mas é a mais pura verdade. A cantora e compositora britânica ficou indignada com a recente declaração do produtor Neil Portnow, presidente da Recording Academy. Ele disse que as mulheres não foram premiadas no Grammy 2018 por culpa delas mesmas, que precisam “avançar” e se inserir na indústria em níveis executivos. Pelo Twitter, Charli XCX rebateu: “avançar bem na tua cara… mulheres estão fazendo ótima música atualmente. Que diabos esse cara está falando?”

Várias cantoras se pronunciaram contra o que Neil Portnow disse. P!nk publicou uma carta aberta com o seguinte texto: “as mulheres na música não precisam ‘dar o passo’ – elas estão fazendo isso desde sempre. Seguindo em frente e também sabendo que as mulheres arrasaram na música este ano. Elas têm sido sensacionais! E a cada ano antes deste. Quando nós celebramos e honramos o talento e as conquistas da mulher, e como as mulheres avançam a cada ano, mesmo com todos os obstáculos, nós mostramos a próxima geração de mulheres, garotas, garotos e homens o que significa ser igual, e como é ser justo”. Katy Perry e Iggy Azalea também se pronunciaram.

Durante a transmissão do Grammy Awards deste ano, somente duas mulheres subiram no palco para receber troféus: Rihanna – como resultado de sua participação em “Loyalty” do Kendrick Lamar – e Alessia Cara, apontada como a artista revelação. Na principal categoria, Álbum do Ano, apenas uma mulher concorria, Lorde. Já em Melhor Performance Pop Solo, somente um homem concorria e ele que levou o troféu: Ed Sheeran. Essas questões levantaram um debate em torno da hashtag #GrammysSoMale.

Escrito por Leonardo Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Britney Spears vende 10 mil ingressos em pré-venda de show na Alemanha

Grupo islâmico acusa Rihanna de plano demoníaco e quer barrar sua entrada em Senegal