CEO da Disney se pronuncia sobre processo de Scarlett Johansson. (Foto: IMDb)
in ,

CEO da Disney se pronuncia sobre processo de Scarlett Johansson

Bob Chapek falou sobre o assunto durante uma teleconferência, diz site

Na última quinta-feira (12) Bob Chapek, CEO da Disney, se pronunciou pela primeira vez desde que Scarlett Johansson abriu um processo pela decisão do estúdio de lançar o filme “Viúva Negra” nos cinemas e no streaming Disney+.

Bob Chapek se pronunciou pela primeira vez desde que a atriz abriu um processo contra a Disney. (Foto: Reprodução Internet)

Scarlett Johansson alega que esta decisão consiste em uma quebra de contrato, considerando que o documento falava em lançamento exclusivo nos cinemas — o que interfere diretamente em seu salário que estava baseado em grande parte na performance da bilheteria do filme.

O CEO da Disney discorda. De acordo com a Variety, a declaração foi dada durante a teleconferência de resultados do terceiro trimestre.

Bob Iger e eu, junto com a equipe de distribuição, determinamos que essa era a estratégia certa para nos permitir alcançar o maior público possível”, disse o Chapek, citando seu antecessor, durante o discurso sobre o compromisso contínuo da Disney com a narrativa do longa-metragem da personagem Natasha Romanoff.

Chapek também fez questão de definir a briga jurídica de Scarlett Johansson como uma anomalia, sugerindo que, quando a companhia passou a alterar os planos de lançamento de filmes, todos os acordos para compensar as estrelas cujos bônus estavam atrelados ao desempenho de bilheteria foram remanejados.

“Nós descobrimos maneiras de compensar de forma justa nosso talento para que não importa qual seja o modelo de negócios… Todos se sintam satisfeitos”.

Leia mais:

Segundo ele, todas as decisões sobre as estratégias de lançamentos são feitas filme por filme, analisando as condições do mercado global e do comportamento do consumidor. Em comunicado enviado ao jornal The New York Times na época em que Scarlett Johansson deu início ao processo, a Disney afirmou que o processo movido pela atriz “não tem qualquer mérito” e que ele é “triste e inquietante em seu completo desprezo aos efeitos globais terríveis e prolongados da pandemia de covid-19“.

A Disney cumpriu totalmente seu contrato com a Sra. Johansson e, além disso, o lançamento de Viúva Negra no Premier Access do Disney+ aumentou significativamente sua habilidade de ter ganhos adicionais além dos US$ 20 milhões que ela já recebeu até agora“, acrescentou a empresa.

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Carolina Stramasso

Harry Styles no Brasil: reembolso de ingressos está disponível

Harry Styles no Brasil: reembolso de ingressos está disponível

Fernando & Sorocaba farão show em evento-teste de São Paulo