Foto: Reprodução / Instagram
in

Celebrando 10 anos de “Friday”, Rebecca Black lança remix da música com participações especiais

Faixa, uma das primeiras músicas virais da internet, recebeu recentemente certificado de ouro nos Estados Unidos.

Se você se lembra do lançamento da música “Friday”, de Rebecca Black, temos que te dizer: a faixa completa agora em 2021 nada menos que 10 anos. E a cantora resolveu celebrar esse marco e lançou um remix de “Friday”.

O novo remix chega exatamente no mesmo dia do lançamento original, dia 10 de fevereiro, e conta com a colaboração de 3OH!3, Big Freedia e Dorian Electra.

O lançamento do novo remix, além de celebrar os 10 anos da música, também comemora o certificado de ouro que “Friday” recebeu recentemente nos Estados Unidos.

Ouça:

Uma das primeiras músicas virais

Em tempos de redes sociais como Tik Tok, Instagram, Twitter e tantas outras, virou algo rotineiro sermos impactados por músicas que se tornam “virais”. O Spotify tem até uma parada para esse tipo de sucesso musical atual.

E “Friday”, de Rebecca Black, dez anos atrás, foi uma dessas músicas, mesmo antes desse conceito ainda não ser algo fixo na indústria fonográfica.

A música e principalmente o clipe de “Friday” catapultou Rebecca Black para a fama, mesmo que de uma forma não necessariamente positiva, muito rapidamente e ela deixou sim sua marca nessa indústria tão disputada.

Desabafo de Rebecca Black

Ainda em 2020, Rebecca Black resolveu desabafar sobre sua vida desde o boom da música “Friday”. Em publicação nas redes sociais, a cantora revelou que sofreu de depressão, vergonha e ainda teve que lutar com o fato de que praticamente todos os produtores e compositores rejeitavam trabalhar com ela.

“9 anos atrás, um videoclipe para uma música chamada ‘Friday’ era enviado à internet. Mais do que tudo, eu apenas gostaria de voltar atrás e falar com o meu eu de 13 anos, que era terrivelmente envergonhada dela mesma, com o meu eu de 15 anos, que sentia que não tinha ninguém para conversar sobre a depressão que ela enfrentou. Com meu eu de 17 anos, que iria para a escola apenas para ter comida jogada nela e em seus amigos. Com meu eu de 19 anos, que teve quase todos os produtores/compositores me dizerem que eles nunca iriam trabalhar comigo. Inferno, para mim mesma dias atrás, que se sentiu enojada quando se olhou no espelho! Eu estou tentando lembrar a mim mesma mais e mais que todo dia é uma nova oportunidade de mudar a realidade e se alegrar. Você não é definido por qualquer escolha ou coisa. O tempo cura e nada é finito. É um processo que nunca é tarde para começar. E então, aqui vamos nós! Isso pode ser uma coisa esquisita para postar, mas a honestidade é algo bom se nada mais é.”

Escrito por Kavad Medeiros

“Cansar Você”: Luísa Sonza se joga no pagode em parceria com Thiaguinho

Segundo jornal, Britney Spears está preparando seu próprio documentário sobre sua vida