Foto: Divulgação
in

CD Baby investe na África e contrata executivo veterano para expandir negócios no continente

O ano de 2021 começou deixando claro que as gigantes da música estão de olho na África. Um terreno ainda pouco explorado, mas com muito potencial que chamou atenção da Universal Music Group, com investimentos em novas lideranças, e da Ingrooves que, como em uma dança ensaiada, deu mais um passo na demonstração de interesse do grupo pelo continente ao anunciar a compra da Electromode – o distribuidor musical independente com sede na África do Sul.

A novidade agora é que a CD Baby, considerada uma das maiores distribuidoras DIY do mundo, está expandindo sua equipe internacional de serviços artísticos para a África, trazendo o experiente gerente de negócios musicais e defensor da música independente, Sakhele Mzalazala.

De acordo com o portal Music Week, o executivo irá se reportar diretamente ao VP de desenvolvimento internacional Heli Del Moral por ser a primeira contratação da empresa na África. Ele será responsável pelo crescimento da CD Baby na África do Sul e em outros mercados da África Austral, incluindo Lesoto, Zimbábue, Botswana, Suazilândia e Namíbia.

“Artistas africanos causaram impacto na música em todo o mundo e estamos entusiasmados em encontrar o representante certo para ajudá-los a entender como a CD Baby pode apoiar suas carreiras e criatividade. Esta etapa é parte de nossa visão geral de oferecer os melhores serviços para artistas e administração de direitos a criadores independentes em todo o mundo”, revela Del Moral.

Com sede em Joanesburgo, Mzalazala liderará parcerias estratégicas tanto local quanto internacionalmente, construindo redes com artistas jovens e estabelecidos no processo, bem como desenvolvendo e implementando uma série de programas para aumentar a visibilidade e adoção de serviços da CD Baby e estabelecer relações estratégicas com a indústria na região.

“Estou ansioso para impactar positivamente nas carreiras de artistas e selos independentes, onde eles terão controle total e propriedade das obras. Sempre me esforcei para fazer o que é melhor para meus artistas e clientes e a CD Baby é apenas isso e muito mais”, conta Mzalazala.

Sobre Mzalazala

Mzalazala tem mais de 20 anos de experiência na indústria musical, incluindo funções na Yourself Management, Xhentsa e Koloni, trabalhando diretamente com os artistas como Mahlatse Vokal e Lisa Good, e supervisionando a equipe de publicação do selo sul-africano Mathaland/Ghetto Ruff, onde trabalhou com Zola 7, DJ Cleo, Pitch Black Afro e Morafe.

Suas raízes na indústria musical já estavam fincadas como artista antes de fazer a transição para o lado comercial. O executivo tem um histórico de apoiar o trabalho de artistas independentes. Ele também trabalhou com Sizwe Zako, Tshepo Tshola, Lawrence Matshiza e muitos mais, experiências que resultaram em um Guia para Músicos Independentes.

“Os maiores desafios dos artistas independentes em nossa região são a falta de informação ou conhecimento, a falta de receita com suas obras e os acordos de longo prazo que eles assinam”, revela Mzalazala.

Mzalazala se junta à equipe internacional de 22 pessoas da CD Baby, ativa em mercados na Europa, América do Norte, América do Sul, Leste Asiático e Sul da Ásia.

Escrito por Rafa Ventura

Equipe de Pocah diz que dormir é "estratégia" - entenda!

Equipe de Pocah diz que dormir é “estratégia” – entenda!

Anitta explica conceito de "Girl From Rio"

Anitta explica conceito de “Girl From Rio”