Carlos Mills, Presidente da ABMI, Fundador da Mills Records e Membro do Conselho Diretor da Merlin
Carlos Mills, Presidente da ABMI, Fundador da Mills Records e Membro do Conselho Diretor da Merlin. Foto: Rogerio Von Kruger/Divulgação
in

Carlos Mills é o representante do Brasil no novo Conselho Diretor da Merlin

Carlos Mills, presidente da ABMI e fundador da Mills Records, é o único brasileiro na diretoria da Merlin eleita para o biênio 2022-2023

A Merlin, parceira de licenciamento de música digital das Gravadoras e Selos independentes, inicia o novo ano de 2022 anunciando sua recém-eleita Diretoria. O Conselho da organização – eleito por seus membros – inclui representantes de doze países diferentes da África, Ásia, Europa, América do Norte, América do Sul e Oceania. O Presidente da Associação Brasileira da Música Independente (ABMI) e fundador da Mills Records, Carlos Mills, é o único brasileiro no Conselho Diretor da Merlin.

Leia Mais:

De acordo com a Merlin, experiência diversificada entre os Conselheiros fornecerá orientação estratégica à Merlin para melhor atender seus membros – compostos por dezenas de milhares de gravadoras que representam músicas de centenas de milhares de artistas em todo o mundo – à medida que fecha acordos premium com parceiros como Apple, Facebook, Peloton, Spotify, TikTok, YouTube e muito mais.

“É uma honra e um grande desafio fazer parte do Board da Merlin. Em uma época de tantos desafios para quem trabalha com música, é muito importante interagir com a diversidade. A ideia de trabalhar coletivamente sempre me foi convidativa, e os resultados alcançados pela Merlin não deixam dúvidas sobre esta força: já foram mais de 1 bilhão de dólares distribuídos para seus milhares selos, gravadoras e distribuidoras associados”, destaca Carlos Mills, Membro do Conselho Diretor da Merlin, Presidente da ABMI e Fundador da Mills Records.

O Conselho Diretor da Merlin que assumirá no biênio 2022-2023 oferece uma variedade de perspectivas e novas vozes de líderes experientes da indústria da música. O Conselho ajuda a orientar a equipe Merlin em sua missão de “ajudar os independentes a permanecerem independentes”. Entre suas fileiras estão empresários que construíram empresas de sucesso desde o início; especialistas no mundo dinâmico da tecnologia em evolução; e líderes amplamente respeitados que ajudaram os independentes a avançar em questões-chave que afetam toda a comunidade musical.

Carlos Mills, Presidente da ABMI, Fundador da Mills Records e Membro do Conselho Diretor da Merlin
Carlos Mills, Presidente da ABMI, Fundador da Mills Records e Membro do Conselho Diretor da Merlin. Foto: Divulgação

O Conselho Diretor da Merlin oferece representação igual dos três blocos regionais da organização: América do Norte, Europa e Todos os Outros Países. Este ano, quase metade dos conselheiros foram eleitos ou indicados para seu primeiro mandato, com 11 membros retornando para mais um mandato.

Os recém-eleitos para a diretoria de 2022 são: Pascal Bittard, Proprietário, IDOL (França); Tom Deakin, Chefe da EMEA, AudioSalad (Reino Unido); Sandra Ortega, Diretora de Parcerias Globais, Altafonte (México); Louis Posen, presidente e diretor executivo da Hopeless Records (EUA); Jason Taylor, Diretor de Estratégia de Vendas e Etiquetas, Redeye (EUA); e Yushi Yamashita, Presidente, RightsScale (Japão).

Os conselheiros nomeados este ano incluem Katie Alberts, COO, Reach Records, que anteriormente atuou no Conselho Merlin. Juntando-se pela primeira vez estão: Glen Barros, sócio-gerente, Exceleration Music; Rachel Buswell, Chefe de Parcerias e Análises Digitais, Domino; e Jennifer Newman Sharpe, GC e Chefe de Assuntos de Negócios, ONErpm.

Retornando ao conselho de Merlin para mais um mandato estão: Marie Clausen, Head of NA e Global Streaming, Ninja Tune (EUA); Michel Lambot, cofundador, [PIAS] (Bélgica); Chris Maund, COO, Etiquetas de Cogumelos (Austrália); Carlos Mills, Fundador e CEO, Mills Records (Brasil); Martin Mills; Fundador e Presidente, Beggars Group (Reino Unido); Michael Ugwu, CEO, Freeme Digital (Nigéria); Darius Van Arman, Co-CEO do Secretly Group (EUA); Pieter van Rijn, CEO, FUGA (Holanda); Horst Weidenmüller, CEO e Proprietário, !K7 (Alemanha); e Justin West, Presidente e CEO, Secret City (Canadá).

Van Arman, que ingressou no Conselho da Merlin em 2015, assumirá o cargo de presidente. Ele sucede o atual parceiro da Exceleration Music e ex-executivo da Epitaph, Dave Hansen, que deixa o cargo de Presidente Executivo do Conselho de Merlin. Hansen atuou de forma distinta no cargo desde sua nomeação em 2019, tendo atuado anteriormente como presidente nos dois anos anteriores e como membro do conselho da Merlin de longa data.

“A Merlin é liderada pelas necessidades de nossos diversos e crescentes membros. Temos muito orgulho da Merlin representar membros de todas as partes do mundo por meio de confiança, acesso, flexibilidade e transparência”, disse Jeremy Sirota, CEO da Merlin. “Nosso Conselho é uma voz vibrante e forte de nossos membros. Estamos satisfeitos que nosso novo Conselho tenha líderes da indústria da música com uma ampla gama de conhecimentos – aguardo seus conselhos, orientações e perspectivas”, finaliza Sirota.

Jeremy Sirota, CEO Merlin com Carlos Mills, Presidente da ABMI no Rio Music Market 2021
Jeremy Sirota, CEO Merlin com Carlos Mills, Presidente da ABMI no Rio Music Market 2021. Foto: Rogerio Von Kruger/Divulgação

Sobre a Merlin

A Merlin é uma organização focada em música, liderada por membros, que fornece licenciamento de música digital para Gravadoras e Selos independentes em todo o mundo. Os membros se beneficiam das ofertas premium da Merlin, e trabalham diretamente com os principais parceiros digitais da organização.

A Merlin consiste na presença de gravadoras independentes, distribuidores e outros detentores de direitos, representando dezenas de milhares de gravadoras e centenas de milhares de artistas de todos os países do mundo. A Merlin trabalha de forma colaborativa com seus parceiros digitais, s busca entrega valor de volta a esses parceiros digitais, além de gerar outros benefícios incrementais aos seus membros.

A abordagem de Merlin permitiu que a associação crescesse para representar 15% da participação no mercado global. No Brasil, a ABMI é a sua principal parceria. Atualmente, a Merlin possui negócios globais com quase 40 serviços digitais, incluindo parceiros como Adaptr, Apple, AWA, Boomplay, Deezer, Facebook e Instagram.

Escrito por Láisa Naiane

Adele libera clipe energético para “Oh My God” – confira

Filha de Tadeu Schmidt é queer e apoia pautas feministas e LGBTQIA+ nas redes