in ,

Capa da revista InStyle, Lady Gaga fala sobre filantropia, conceito do álbum “Chromatica” e desejo de ser mãe

Em casa, cumprindo as recomendações de quarentena e isolamento social contra o novo coronavírus, Lady Gaga aparece na capa da edição de maio da revista InStyle, especial “The Beauty Issue”.

Atualmente focada em seu especial “One World: Together At Home”, em parceria com a Organização Mundial de Saúde, e angariando fundos para a luta contra a Covid-19 e para ajudar os mais afetados pela nova doença, Lady Gaga falou com a InStyle sobre vários assuntos que permeiam sua vida atualmente. E filantropia foi um desses assuntos.

Foto: Reprodução/InStyle

“Eu quero fazer muito mais filantropia. Eu quero ajudar a custear mais pesquisas sobre fibromialgia e dores crônicas e neuropáticas ao montar um time de doutores. Eu tenho muitos sonhos e esperanças. O que eu vou realmente conseguir fazer, eu não tenho ideia, mas eu sei que eu farei isso com pessoas que amo”, afirmou Lady Gaga.

Há também espaço para planos na vida pessoal de Lady Gaga. “Eu devo dizer que eu estou muito animada em ter filhos”, afirmou a cantora. “Mal posso esperar para ser mãe. Não é incrível o que podemos fazer? Nós podemos manter um humano dentro de nós e crescê-lo. Então ele sai, e é o nosso trabalho mantê-lo vivo. É tão engraçado – Todo mundo trabalha fora da minha casa todos os dias. Quando eles entram, eu sempre digo, ‘bem vindos ao útero!’, concluiu.

Com o seu novo álbum, o “Chromatica”, adiado e ainda sem previsão de uma nova data de lançamento, Nicola Formichetti, stylist de Gaga, comentou sobre o sexto disco de estúdio da cantora com a revista, confirmando que o conceito de “tribos” que aprendem a viver em harmonia e aceitar suas diferenças, apresentado no clipe de “Stupid Love”, permeará todo o projeto.

Para Gaga, o seu novo álbum é a esperança de que outras pessoas possam se sentir melhor, assim como ela se sentiu ao fazê-lo. “Eu fiz essas músicas e então eu as ouço e elas contam a história da minha vida como uma tapeçaria. Eu estou muito orgulhosa dele [do álbum] porque enquanto ele é divertido e comemorativo, se você prestar atenção nas letras, você realmente irá conhecer meu coração. É como se a música te desse permissão para seguir em frente. Mesmo se você teve o pior dia de sua vida, está tudo bem em dançar”, concluiu a cantora.

Veja mais fotos de Lady Gaga para a revista InStyle:

Escrito por Kavad Medeiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selena Gomez divulga prévia instrumental de “Boyfriend”

Katy Perry doará parte das vendas de sua linha de sapatos para ajudar famílias e crianças afetadas pela Covid-19