Cantor do boygroup P9 era proibido de se assumir gay
(Foto: Divulgação)
in ,

Cantor do boygroup P9 era proibido de se assumir gay

Guilherme ST contou como eram os bastidores do grupo, que encerrou atividades em 2015.

Lembra do grupo P9, que abriu shows do One Direction e do Justin Bieber e emplacou hits como “My Favorite Girl” e “Love You In Those Jeans”? Um dos integrantes, Guilherme ST, guarda uma lembrança um pouco difícil daquela época. Ele era proibido de se assumir homossexual.

“Vieram conversar comigo porque eu já tinha dito para eles que era gay. Na época, minha família já sabia e alguns conflitos tinham acontecido. Fui expulso de casa muito novo e vim para o Rio tentar a vida como artista. Uma empresária da banda me disse que não seria legal eu me assumir publicamente, porque eu estaria colocando os outros meninos no alvo e ia acabar prejudicando não só a mim como a eles também”, Guilherme contou ao canal Pheeno.

Cantor do boygroup P9 era proibido de se assumir gay
(Foto: Reprodução / Instagram @madeinangra)

O P9 durou de 2012 a 2015, e garotas adolescentes eram seu principal público. Por conta disso, Guilherme foi aconselhado a se calar. “Falaram que a banda estava no início e que não entenderiam minha atitude. Hoje, eu falaria com certeza, mas com 15, 16 anos, eu fiquei receoso”, disse o cantor.

Nome do grupo P9 é referência a point gay do Rio de Janeiro

Ironicamente, o nome do grupo, P9, é uma referencia ao Posto 9 da Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro. O local é considerado um point gay e está em todas as listas de pontos turísticos voltados para o turismo LGBTQIA+.

Com o fim do P9, Guilherme deixou de se esconder. “Hoje não me considero só homossexual. Sou pansexual”, diz. Ele atualmente trabalha como DJ.

O que aconteceu com os outros membros?

Os integrantes do P9 continuam por aí, apesar do fim do grupo. Igor Adamovich fez parte do elenco da mais recente temporada do programa “De Férias Com o Ex”, por exemplo.

(Foto: Divulgação / MTV)

Jonathan Couto, por sua vez, se tornou um membro da badalada família Poncio. Ele é casado com Sarah Poncio. É um dos protagonistas daquela polêmica em torno da paternidade de Madah. Antes de descobrirem que ele havia traído a esposa e engravidado a concunhada, acreditava-se que Saulo Poncio era o pai da menina.

(Foto: Reprodução / Instagram @sarah)

Mais afastado dos holofotes, Michael Band se mudou para os Estados Unidos e continua lançando músicas.

Escrito por Leonardo Torres

Funk no ranking

Funk no Ranking: Jon Jon cria projeto para resgatar a raiz do funk nacional

BLACKPINK: 8 coisas que você não sabe sobre o MV “DDU-DU DDU-DU”