"Bum Bum Tam Tam": MC Fiotti grava clipe no Instituto Butantan
(Fotos: Reprodução / Instagram @mcfioti)
in ,

“Bum Bum Tam Tam”: MC Fiotti grava clipe no Instituto Butantan

Música vai ganhar um novo clipe, em comemoração à Coronavac.

Considerado o “hino” da vacina Coronavac, a música “Bum Bum Tam Tam” do MC Fiotti vai ganhar um novo clipe. O funkeiro esteve na sede do Instituto Butantan, em São Paulo, neste fim de semana, para a gravação e até posou com uma caixa da desejada vacina.

"Bum Bum Tam Tam": MC Fiotti grava clipe no Instituto Butantan
MC Fiotti e Dimas Covas (Foto: Divulgação)

“O clipe novo vai ser uma retrospectiva do clipe original. No clipe de ‘Bum Bum Tam Tam’, eu fiz só um pedido pro gênio. Ele me deve mais dois. O que será que vou pedir? Tropinha, pode acreditar que vai ficar fo**. Não tô nem acreditando que isso está acontecendo. É coisa de Deus”, MC Fiotti disse no Instagram.

A produção do clipe está sob os cuidados do Kondzilla, maior canal de funk do mundo no YouTube. O clipe original, estreado em 2017, está no mesmo canal e acumula 1,5 bilhão de visualizações.

"Bum Bum Tam Tam": MC Fiotti grava clipe no Instituto Butantan
(Foto: Divulgação)
"Bum Bum Tam Tam": MC Fiotti grava clipe no Instituto Butantan
(Fotos: Reprodução / Instagram @mcfioti)

“Bum Bum Tam Tam” foi resgatada pela similaridade com o nome do Instituto Butantan, responsável pelos testes da vacina chinesa Coronavac no Brasil. Quando o instituto anunciou a eficácia da vacina, no dia 7 de janeiro, “Bum Bum Tam Tam” viralizou. Representantes do instituto até brincaram que a vacina, na verdade, será dada no braço e não no bumbum.

É hit! “Bum Bum Tam Tam” cresce 284% no Spotify, após anúncio de vacina do Instituto Butantã

Bastou o anúncio da eficácia da CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantã, na última quinta-feira (07/01), par ao hit “Bum Bum Tam Tam”, de MC Fioti, se tornar o hit da campanha de vacinação, crescendo cerca de 284% na plataforma, em comparação ao início do mês.

A alta se deu após a avalanche de memes que pipocaram nas redes sociais, ligando o sucesso da vacina, ao single doo funkeiro, levando o tema até mesmo aos trend topics do Twitter. Entre os estados, São Paulo registrou a maior alta, com 265% no consumo da música, durante o período.

Escrito por Leonardo Torres

Ações do Spotify caem após analistas lançarem dúvidas sobre investimento em podcasts

“BBB 21” revela condição para divulgar lista de participantes