aniversário no Brasil
Foto: HYBE Labels
in ,

BTS: Suga relembra aniversário que passou no Brasil

Cantor do BTS teve um dos seus aniversários mais marcantes no nosso país.

A recente entrevista do BTS ao programa de TV Tokopedia, da Coreia do Sul, rendeu uma menção especial ao Brasil! Quem teve uma lembrança foi o membro Suga. Ele contou que veio ao Brasil para fazer show em 2019 e era seu aniversário na Coreia do Sul. No entanto, quando chegou ao Brasil, era seu aniversário de novo por conta do fuso horário. Foi praticamente um aniversário de dois dias!

“Butter”: BTS terá marca de biscoitos sabor manteiga

feliz aniversário no Brasil
Foto: HYBE Labels

Depois de um lançamento fomos para o exterior no meu aniversário, quando cheguei ao Brasil ainda era 9 de março, um dia havia se passado mas ainda era dia 9 de março devido ao fuso horário então foi inesquecível para mim“, disse Suga.

Alguns fãs acharam que ele se confundiu, já que o aniversário dele é 9 de março e o show no Brasil foi no final de maio. A não que eles tenham vindo bem antes! De qualquer forma, valeu a menção.

BLACKPINK, BTS, RBD e mais artistas na ‘campanha’ a favor da vacinação

Assista ao vídeo:

HYBE processa autor e editora de livros sobre BTS

A HYBE, empresa que engloba a BigHit Music e cuida da carreira do BTS, quer todos os direitos de tudo que envolve o BTS. Ela entrou com um processo na Corte do Distrito Central de Seul, na Coreia do Sul, contra o autor e a editora de livros não autorizados sobre o grupo de K-Pop.

Há vários livros sobre o BTS pelo mundo. As leis variam de acordo com cada país. No Brasil e nos Estados Unidos, editoras e escritores são protegidos pela liberdade de expressão, garantida por lei. Biografias não autorizadas, por exemplo, são publicadas o tempo todo.

(Foto: Reprodução Internet)

Leia mais:

Qual a reivindicação então?

Esse tipo de produto, no entanto, esbarra em outras questões legais. Por exemplo, o uso de imagens dos retratados. A publicação de fotos deve ser autorizada pelos fotógrafos ou detentores dos direitos autorais dela (se for uma agência, por exemplo). É nisso que a HYBE quer pegar a editora.

De acordo com o site KBIZOOM, a HYBE reivindica que todos os conteúdos sobre BTS são resultado de consideráveis investimentos e esforços. Por isso, não poderiam ser usados por terceiros, com fins lucrativos. A editora processada publicou quatro livros sobre o BTS e mais de 50% do conteúdo é de fotos, letras e entrevistas do grupo.

Veja o clipe mais recente do BTS:

Para a HYBE, esse material oficial não está disponível para uso livro de terceiros. A empresa acredita que publicar livros com conteúdo produzido por ela é uma concorrência desleal.

A editora processada não compareceu para prestar depoimento. Ainda assim, o juiz não aceitou o pedido da HYBE para proibir a comercialização dos livros imediatamente.

Escrito por Caian Nunes

"ANACONDA é a melhor do álbum da Luísa Sonza", diz compositora

“ANACONDA é a melhor do álbum da Luísa Sonza”, diz compositora

Veja o que Isabelle Drummond fez após polêmica sobre igreja em casa alugada