in ,

Bolsonaro se recusa a assinar condecoração literária para Chico Buarque e cantor comemora: “Segundo prêmio”

Chico Buarque usou o Instagram nesta quarta-feira, (9), para rebater a declaração do presidente Jair Bolsonaro sobre a assinatura do Prêmio Camões, concedido pelos governo do Brasil e de Portugal. O político disse que teria até 2026 para assinar o diploma que concede a honraria a Chico Buarque. O cantor, escritor e compositor ganhou o Prêmio Camões 2019 pelo conjunto da obra! O valor total do prêmio é de 100 mil euros (em torno de R$ 447,3 mil), dividido entre Brasil e Portugal. A parcela da condecoração que cabia ao governo brasileiro já foi depositada em junho. O diploma, no entanto, ainda não foi assinado por Bolsonaro.

Em tom de ironia, Chico publicou uma foto sua com cigarro na boca e a seguinte legenda: “A não assinatura do Bolsonaro no diploma é para mim um segundo prêmio Camões”.

Escrito por Helena Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ludmilla lídera pesquisa para shows no Rock in Rio 2021

MC Carol fala sobre racismo na adolescência: “Estava cansada de ser negra”