Foto: Matt Crockett
in ,

Bianca Del Rio fala sobre volta ao Brasil, novo show e o que a faria voltar ao Drag Race

Vencedora da 6ª temporada de RuPaul’s Drag Race te shows marcados no Brasil em 2022 com a turnê “Unsanitized”.

Com 13 temporadas regulares, 6 de All Stars e várias versões em vários países ao redor do mundo, incluindo Reino Unido, Canadá, Austrália, Holanda e Espanha, o programa RuPaul’s Drag Race é um dos reality shows de competição mais bem sucedidos do mundo sem dúvida.

E no meio dos fãs de Drag Race, é muito comum encontrar alguns questionamentos: Qual a melhor temporada? Qual a melhor vencedora? Caso alguém queira começar no mundo do Drag Race, por qual temporada começar?

Para mim, pessoalmente, e para muitas pessoas por aí, a resposta para todas essas perguntas é simples: Temporada 6 e sua vencedora, Bianca Del Rio.

Bianca Del Rio Unsanitized
Foto: Matt Crockett

A sexta vencedora da história de RuPaul’s Drag Race fez de tudo e realmente estourou a bolha: foram filmes, livros, TV, teatro musical, e, claro, cinco turnês mundiais bem sucedidas com o melhor que ela sabe fazer: comédia.

E, finalmente, em 2022, Bianca Del Rio estará de volta ao Brasil com o show “Unsanitized”, que antes mesmo de sua estreia já é um verdadeiro sucesso, com várias datas já com ingressos esgotados e shows em praticamente todo o planeta.

Em nosso país, Bianca se apresentará, até então, em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba e Belo Horizonte, entre os meses de março e abril de 2022. Mas ela já mandou avisar que mais datas e cidades podem ser anunciadas em breve, tudo dependendo, claro, de acertar as agendas.

Para falar sobre o novo show, sua volta ao Brasil e, claro, um pouco de Drag Race, conversamos com Bianca Del Rio, e como já dá para se imaginar, a conversa foi de muitas risadas, piadas autodepreciativas que tiram qualquer um do sério, muito shade e a certeza de que “Unsanitized” será um espetáculo de comédia imperdível.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Bianca Del Rio (@thebiancadelrio)

Confira a entrevista:

Oi Bianca Del Rio! Como você está?
Eu estou bem! Eu dormi, porque estive viajando, estou em Tel Aviv, então.. sim, estou acordada, eu acho!

Primeiro de tudo eu gostaria de dizer que estou muito feliz, animado, honrado e um pouco nervoso de estar falando com você agora porque você é minha drag queen favorita e eu ando com drag queens desde meus 18 anos, então você teve competição…
Bem, deixe eu começar dizendo obrigado, você tem um ótimo gosto! E eu acho que você está certo, todas as outras drag queens são umas b**tas, então sim, muito muito muito obrigado! Mas nunca fique com medo de mim! Eu não sou tão maldosa, a não ser que eu seja provocada.. Mas normalmente não sou tão maldosa, mas obrigada pelo elogio.

Você está finalmente voltando ao Brasil! Está animada por isso?
Sabe, eu estou fazendo uma série de entrevistas hoje e eu estive pensando sobre isso e pra mim, ainda fico maravilhado que, mundialmente, alguém ainda se importa. Que alguém ainda se importa comigo. Então eu estou animada, porque não há ninguém mais animado por eu estar aparecendo [nas cidades para fazer show] do que o povo brasileiro.
Toda vez que eu publico algo online, datas de shows de turnê em algum outro lugar, eles [o povo brasileiro] ficam chateados comigo. Estão sempre dizendo “Venha pro Brasil! Venha pro Brasil!”. Então estou grato que finalmente deu certo. E é sobre isso, é sobre agenda. Então, 2022 é a parte sul-americana da turnê e eu estou muito animada porque o povo brasileiro é cheio de vida, entusiasmados e muito apoiadores nesses últimos, está pronto pra isso? Nos últimos sete anos. Já se passaram sete anos desde o Drag Race pra mim. Oito anos desde que filmamos! Então por 7 anos eles foram muito apoiadores e eu estou muito animada e grata por voltar e me divertir com vocês aí.

Bom, você parece mais jovem agora do que quando gravou o Drag Race…
Sim, eu tenho dinheiro agora! Eu tenho um médico! Sim! É isso!

Você falou sobre a paixão do público brasileiro.. Qual é o diferencial que a Bianca Del Rio tem que atrai tanto o público para seu trabalho, sua comédia, especialmente em lugares que não fala inglês como língua principal?
Bem, eu acho que o povo curte humor, eu acho que o povo curte o engraçado e se eles não conseguem me entender, eles podem rir da minha cara, porque é uma cara bastante engraçada! Mas também, eu acho que em muitas maneiras eles entendem, sabe? Eles saem para serem entretidos, para se divertirem. E muitas vezes, as pessoas levam as coisas muito a sério, nos Estados Unidos especialmente. Mas ainda há a diversão e tem vida ali e eles podem se relacionar com minha personagem, minha persona, em muitas maneiras porque eu não me levo a sério. E por ter tantas drag queens que saíram do programa [RuPaul’s Drag Race], eu sou apenas grato que eles se lembram de mim ou que eles se interessam por mim.. eu ainda não entendi completamente o motivo… E acho que se conseguisse, eu teria problemas, mas eu acho que eles sabem quer eu gosto de beber, me divertir e eu não me levo a sério, que é realmente a melhor forma de viver a vida.
Se há uma coisa que aprendemos durante essa pandemia é que você tem que rir! Você tem que achar o humor em tudo!

E falando em pandemia.. O que você fez pra sobreviver nesse período e manter sua mente saudável?
Saudável?! Saudável?! Você acha que eu estava saudável?! Eu estava bebendo, tomando comprimidos, eu estava enlouquecendo.. como todo mundo! Ninguém esteve saudável durante a pandemia, se eles disseram que estavam saudáveis, eles são grandes mentirosos de m**da!
Não, sério… Foi desafiador! Para mim, como eu disse, para ser bem honesto, desde sete anos atrás quando eu fiz Drag Race, eu estive viajando bastante. Todo ano, todo mês. Essa foi provavelmente a pior parte: ficar parado. Porque eu não estava acostumado com isso. Eu tenho dois cachorros velhinhos, então foi legal passar um tempo com eles e reorganizar minha casa. Mas foi desafiador, foi desafiador mentalmente, porque eu estava tão acostumado com a estrada, o que eu amo! Amo viajar, amo uma plateia, amo ver pessoas. E tudo isso foi tirado de nós durante esse período, então foi tentar achar projetos e coisas pra fazer para manter a mim e meu cérebro ocupados. E eu adoraria te dizer que eu aprendi outra língua ou eu assei pães de banana.. Não, não! Eu estava apenas bebendo e comendo e sendo uma v**ia com meus dois cachorros em casa! Era isso o que eu estava fazendo!

Essa foi a parte divertida de toda a pandemia…
Pela primeira semana, sim! (risos)

A pandemia foi a principal inspiração para “Unsanitized”?
Bem, sim! Eu deveria iniciar uma turnê na Austrália, literalmente, na primavera de 2020. Então isso mexeu comigo. Eu tinha outras coisas planejadas, eu tinha outro título planejado, outras coisas que eu iria fazer. Mas durante a pandemia, muita coisa aconteceu no mundo, além da pandemia. Tivemos problemas políticos acontecendo, obviamente, no Brasil e nos Estados Unidos e também o Drag Race estava em toda parte. Há tantas versões diferentes de Drag Race que explodiram durante esse período, muitas se você me perguntar… Eu não conseguia acompanhar! Então, esses são assuntos que mudaram as visões de todo mundo. E esses assuntos também são coisas que serão abordadas no show, sabe? Tentar achar o engraçado através da escuridão.

Você é famosa e amada por suas piadas odiosas.. Se você pudesse ranquear todos os seus shows, desde o menos odioso ao mais odioso, qual você colocaria em primeiro lugar?
Ah meu Deus! Primeiro de tudo, você acha que eu lembro? (risos)
Eu sou muito odiosa o tempo todo, eu não lembro e eu não poderia te dizer! Eu sempre acho, eu acho que é porque eu estou ficando mais velha, com cada novo show, eu estou ficando mais e mais odiosa. Eu acho que eu estou com raiva da vida. (risos)

Você ainda está evoluindo..
Eu estou evoluindo em ainda mais ódio. Então eu acho que com cada novo show eu vou ficando mais odiosa e mais honesta, sabe? Quando a gente fala ódio, eu acho que é importante notar que você tem que achar o humor dentro de você e com o que está acontecendo no mundo, especialmente depois desse último ano, porque muita coisa aconteceu. Então, eu acho que esse show [“Unsanitized”] provavelmente é o mais odioso, até o momento. Eu definitivamente acho isso, porque eu tive muuuuito tempo para pensar sobre ele e beber sobre ele.

Há algum assunto, alguma linha que você não cruza de forma alguma com sua comédia?
Não! Não! Eu acho que você tem que encontrar o engraçado em tudo. Não, eu acho que no momento que você começa a se censurar, aí se torna um problema. Você não pode agradar todo mundo. E especialmente agora com as mídias sociais.. Alguém não vai gostar de algo. E eu não ligo! Se você não gosta, você não tem que assistir. E se não é engraçado pra você, é engraçado para outra pessoa. Por exemplo, se você pega alguém como Celine Dion, que é uma cantora… E ela canta e canta e canta. E se ela tem uma música que você não gosta, isso significa que ela é uma má cantora? Não! Você apenas não gosta da música e está tudo bem! Então nem tudo vai ser um sucesso, nem tudo vai ganhar todo mundo, mas eu não posso me preocupar com isso. E geralmente vem de pessoas que já não gostam de você e se você não gosta de mim, eu jamais conseguirei te conquistar. Então, qual a razão?

Quanto de “Unsanitized” será improvisado e quanto será roteirizado?
Geralmente é meio a meio. Você começa com mais material escrito e você vê para onde o show vai. Realmente depende da plateia. Por exemplo, se eu estou no Brasil e estou falando com você, não será o mesmo material que será especificamente abordado no Reino Unido ou nos Estados Unidos. Então o show realmente se torna territorial, onde quer que você esteja. E as pessoas reagem diferente. Cada noite é um show diferente, nunca é o mesmo. O esboço está lá, mas você nunca sabe. Às vezes eu chego nos bastidores e penso “droga, eu nem cheguei naquele segmento” ou “droga, isso se transformou em outra coisa”. Então, o show cresce e evolui. Então, quando eu chegar no Brasil eu já terei feito todos os shows dos Estados Unidos e Canadá. Então eu tenho certeza… Minha primeira fala nos Estados Unidos até a minha última fala no Canadá, será um show completamente diferente para quando eu chegar no Brasil. O ritmo muda, as piadas mudam, coisas crescem, outras coisas eu retiro. Então, é sempre uma jornada para mim também e isso é realmente o que eu mais amo nisso tudo. Interagir com uma plateia, eu acho que é muito importante, porque é uma das minhas coisas favoritas de fazer, é falar com pessoas na plateia. Especialmente as que chegam perto de mim, se você for valente o suficiente para chegar perto de mim.

Da última vez que você veio ao Brasil, você se apresentou em boates gay e agora você vai se apresentar em teatros, arenas, para um público muito maior. Você acha que o local faz diferença, para você como artista e também para o público?
Sim! Foi isso que acabou acontecendo nos Estados Unidos! Nos Estados Unidos eu comecei nas boates e agora essa é a minha quinta turnê. E graças que evoluímos para áreas maiores e eu estou muito ansiosa por isso, para estar em um teatro. E quando você está fazendo comédia, é muito mais legal quando as pessoas têm a oportunidade de se sentar em uma cadeira e ter um momento para ir em uma pequena jornada comigo. Então, eu tenho feito isso por um tempo já e essa será a primeira vez no Brasil, então estou animada para oferecer, o que podemos dizer, mais de mim, mais do que eu curto fazer. As boates gays foram incríveis, mas essa é uma nova configuração… Um momento mais teatral. E nós temos muito do que falar, porque o mundo enlouqueceu! Então eu não posso tê-los de pê em uma boate me ouvindo falar por uma hora e meia a não ser que você esteja sentado e confortável para ir nessa viagem comigo. Então, estou muito animada de ter essa oportunidade de estar nesses espaços teatrais no Brasil, porque, como eu disse antes, as boates gays… Você conseguiria 20 minutos ou meia hora. Então essa é uma configuração diferente pra mim e eu estou muito ansiosa para isso.

Você terá a atenção total da plateia, certo?
Sim! E eu acho que é isso que faz a diferença, sabe? E as pessoas que querem realmente ir para assistir o show terão a oportunidades de se sentarem e curtirem minha insanidade.
E você já fez de tudo, Bianca…
Ah, infelizmente, na minha idade, sim! (risos)

Estamos falando de teatro musical, TV, filmes, livros… Há algo que você ainda quer fazer, tipo, o que falta fazer em sua lista de sonhos?
Ah, por favor, pornô! Eu quero estar em mais filmes pornô, é isso o que eu quero fazer! (risos)
Quer dizer, eu estou trabalhando em meu OnlyFans neste exato momento.
Pornô, pornô, pornô! Pode me contratar!

Você pode pegar algumas dicas com Detox…
Ah, sim! Awwww!
Sabe o que é engraçado? Eu já fiz alguns filmes pornôs, não a parte sexual. Eu era a pessoa que aparece nas cenas que todo mundo adianta. E eu fiz alguns para um amigo meu…
Bom, eu não sei o que vem depois! Eu estou somente muito feliz de poder sair de casa e trabalhar. Eu estou aberta para qualquer coisa nesse momento. Estou apenas animada de voltar à estrada, muito animada de ir para o Brasil e finalmente fazer as pessoas pararem de gritar comigo online “Venha pro Brasil! Venha pro Brasil!” Eu finalmente disse, “olhe, filhos da p**a! Eu estou indo para o Brasil! Espero que estejam prontos!”.

E você vai passar vários dias aqui no Brasil, então teremos bastante de você por aqui..
Sim! E o que é maluco é que, quando começamos, eram apenas duas ou três datas e a coisa explodiu! Talvez tenham mais dias por vir… Tudo depende de agendamento. Agendamento e Covid fizeram o processo um pouco mais lento. Mas eu quero que todos saibam que eu peço desculpas pelo tempo que demora, mas eles estão tentando encaixar datas adicionais também… Então, fiquem ligados!

Uma última pergunta, Bianca.. Você sempre falou que não retorna para o Drag Race para competir, mas eu vou te perguntar isso… Todo mundo tem um preço. Então, o que seria necessário para você voltar para o Drag Race e competir?
Eu precisaria de toda outra campeã estar morta para eu voltar! Esse é o preço! O preço teria que ser a morte! (risos)
Teria que haver execução. Cada uma teria que ser executada para que eu possa voltar.
Não, não é que eu nunca voltaria… É o seguinte: na forma de competição, eu tive uma ótima experiência oito anos atrás, quando filmamos. Oito anos atrás filmamos e foi ao ar sete anos atrás, em 2014. Eu tinha 37, 38 anos na época. Então, era uma época diferente, um mundo diferente e eu sou muito grata pela oportunidade, mas eu acho que todo mundo de cada temporada foi escolhida por razões diferentes. Então, deixe que as outras v**ias voltem e lutem, sabe? Eu? Eu estou ocupada! Deixem essas v**ias fazerem isso! Elas estão sem fazer nada por anos! Eu estou ocupada!
E como você sabe, nesse último All Stars, eu já sou uma Lipsync Assassin. (risos)

Bianca, eu realmente tenho apenas uma pequena pergunta antes da gente terminar… Qual a idade de Lady Bunny de verdade?
Nós não temos ideia da idade dela, mas eu vou dizer isso: eu acredito, me corrija se eu estiver errada, eu acredito que ela ajudou a construir a cruz de Jesus. Eu não posso colocar uma data, realmente não posso.
Eu acho que foi por isso que Jesus foi se esconder naquela caverna por alguns dias… Eu acho que foi porque ele transou com Lady Bunny e ele estava envergonhado.
Isso é tudo o que eu sei!

“Unsanitized” no Brasil

IMPORTANTE: ESPETÁCULO 100% FALADO EM INGLÊS. Por se tratar de um espetáculo de comédia stand-up, não haverá tradução simultânea do conteúdo que será apresentado.

Informações: www.biancadelriolatam.com

SÃO PAULO
Ingressos: https://bit.ly/BiancaDelRioSP
Datas: 30 & 31/Março & 01/Abril/2022 (Quarta, Quinta e Sexta-Feira)
Local: Teatro Bradesco

CURITIBA
Ingressos: https://bit.ly/BiancaDelRioCWB
Data: 02/Abril/2022 (Sábado)
Local: Ópera de Arame

BELO HORIZONTE
Ingressos: https://bit.ly/BiancaDelRioBH
Data: 12/Abril/2022 (Terça-Feira)
Local: Teatro Topázio do MINASCENTRO

RIO DE JANEIRO
Ingressos: https://bit.ly/BiancaDelRioRJ
Data: 14/Abril/2022 (Quinta-Feira)
Local: Vivo Rio

PORTO ALEGRE
Ingressos: https://bit.ly/BiancaDelRioPOA
Data: 16/Abril/2022 (Sábado)
Local: Teatro do Bourbon Country

Escrito por Kavad Medeiros

Juliette revela capa do EP de estreia - capa do meu sonho

Juliette revela capa do EP de estreia: “capa do meu sonho”

Anitta reflete como lida com as negativas que recebe

Anitta reflete como lida com as negativas que recebe