in ,

Beyoncé renasce poderosa em “RENAISSANCE”, seu novo álbum

Disco conta com influências de house, disco, funk, afrobeat, groove, entre outros gêneros musicais!

Foto: divulgação

Se o dia 04 de setembro de 1981 entrou para a história como a data em que Beyoncé Giselle Knowles-Carter nasceu, o dia 29 de julho de 2022 será para sempre lembrado como o dia em que a cantora renasceu! Foi lançado oficialmente nesta sexta-feira (29), nas principais plataformas digitais, o novo álbum da artista: “RENAISSANCE“. Sétimo trabalho solo de estúdio da diva, o disco chega com 16 faixas no total, incluindo o hit “Break My Soul“, lançado no mês passado; e participações especiais de Beam, Grace Jones e Tems. Ouça-o no player abaixo:

“RENAISSANCE”: a militância dançante de Beyoncé

Leia mais:

Com influências de house, disco, funk, afrobeat, groove, entre outros gêneros musicais, “RENAISSANCE” é o primeiro de três atos. A informação foi confirmada pela própria Beyoncé, através de uma dedicatória no encarte do vinil do disco. “Este projeto de três atos foi gravado por três anos durante a pandemia. Um tempo para ficar quieta, mas também um tempo que me achei mais criativa“, escreveu.

Foto: divulgação

Fazer este álbum se tornou um lugar para sonhar e encontrar um escape durante um tempo assustador para o mundo. Isso me permitiu ser livre e aventureira… Minha intenção era criar um lugar seguro, um lugar sem julgamentos, um lugar para ficar livre do perfeccionismo e pensar em um lugar para gritar. Se solte, sinta a liberdade. Essa é uma linda jornada de exploração“, afirma Beyoncé.

Com nomes consagrados e novatos da música nos créditos do álbum, como por exemplo Robin S, James Brown, Donna Summer, The Dream, Pharrel Williams, Jay-Z, e muitos outros; o “RENAISSANCE” é uma verdadeira celebração à cultura negra, uma nova bíblia das pistas!

Beyoncé agradece seu tio gay por inspirar novo disco: “minha madrinha”

Beyoncé deixou uma mensagem importante aos seus fãs no encarte do seu novo disco, “Renaissance”. A artista dedicou as novas músicas aos familiares que tiveram um papel importante na sua trajetória, incluindo o seu falecido tio Jonny, definido pela cantora anteriormente como “o homem gay mais fabuloso” que já conheceu.

Foto: @nadzrrn (Reprodução/Twitter)

Jonny teria ajudado na criação de Beyoncé e suas irmãs. Em seus agradecimentos, Queen B destaca que foi o tio quem lhe apresentou algumas das músicas que inspiraram o “Renaissance“, cuja sonoridade carrega elementos dos gêneros musicais que predominavam nas pistas de dança dos anos 1990.

Obrigada a todos os pioneiros da cultura, a todos os anjos que não tiveram suas contribuições reconhecidas por tanto tempo. Essa celebração é para vocês.

Beyoncé também citou os seus três filhos e o marido Jay-Z na carta. “Quero agradecer especialmente a Rumi , Sir e Blue por me fornecerem um espaço, criatividade e inspiração”, escreveu a cantora. E um agradecimento especial ao meu lindo marido que segurou a minha barra naquelas noites em que eu fiquei até tarde no estúdio”.

Babadeira: Veja fotos promocionais do “RENAISSANCE”, novo álbum da Beyoncé
Foto: Divulgação

A cantora demonstrou carinho por sua equipe da Parkwood e pelos produtores envolvidos no projeto e agradeceu aos seus pais. “Mamãe, eu te amo. Ao meu pai, meu gangsta, meu primeiro professor: você me inspira em cada movimento que faço. Eu te amo.”

B finalizou com um recado para os seus fãs:

A todos os meus fãs, espero que vocês encontrem alegria nessa música. Espero que ela te inspire a se movimentar. E que vocês se sintam únicos, fortes e sexys como vocês são

Escrito por Giovanni Oliveira

kelis-beyonce

Kelis critica Beyoncé por não ter pedido autorização para usar sample – entenda

No Brasil, 6ix9ine distribui dinheiro e brinca com a cotação do dólar