Foto: Reprodução de internet
in ,

Beyoncé neles! Eleitores de Biden “invadem” protesto de militantes pró-Trump

Ao som de “Party”, manifestantes democratas silenciaram os progressistas

As eleições norte-americanas seguem indefinidas (e pegando fogo). Mas, de forma inusitada, Beyoncé foi “responsável” por atrapalhar um protesto de militantes pró-Donald Trump na Pensilvânia nesta quinta-feira (5/11).

Beyoncé no Festival Coachella
Foto: Reprodução/Internet

Enquanto o atual presidente tenta paralisar a contagem dos votos na Pensilvânia, um estado-chave para a vitória nas eleições, os democratas pedem às autoridades que todos os votos sejam contabilizados.

Apoiadores de Trump fizeram um protesto em frente ao local onde os votos estão sendo contados. Corey Lewandowski e Pam Bondi, oficiais da campanha de Trump, lideravam a manifestação e bradavam sobre uma suposta ordem judicial que poderia dar a vitória ao atual presidente.

Eles só não esperavam que manifestantes democratas, eleitores de Joe Biden e liderados pelo organizador do Partido das Famílias Trabalhistas da Pensilvânia, Nicolas O’Rourke, iriam invadir o protesto dos republicanos ao som de “Party”, da Beyoncé.

“Viemos amplificar as vozes das pessoas que não são ouvidas, através de nossos cantos, através de nossa música, através de nossa alegria. Estamos aqui porque ouvimos que há pessoas vindo para invalidar os votos que estão sendo contados. Estamos aqui porque ouvimos que há pessoas vindo para invalidar os votos que estão sendo contados e tabulados do outro lado da rua”, disse O’Rourke ao site BuzzFeed News.

O’Rourke disse que ele e seus colegas organizadores vieram preparados com uma lista de reprodução estimulante, que incluía sucessos de Kendrick Lamar, Childish Gambino e, claro, mais Beyoncé.

“Isso é o que alimenta nosso fogo, e é por isso que tocamos. Há mensagens na música. Estamos lutando pela liberdade e, portanto, espero que essa mensagem seja transmitida. Não vamos perder. Vamos nos comprometer a garantir que todos os votos sejam contados”, disse O’Rourke.

Além disso, O’Rourke disse que não ficou desanimado com a presença dos manifestantes de direita, e que os manifestantes do “Count Every Vote” – que em grande parte os superava – continuariam a fazer ouvir suas vozes.

“Se você está na Filadélfia e quer protestar, não temos nenhum problema com seu protesto”, disse O’Rourke. “Também sabemos como protestar”, afrontou.

Escrito por Daiv Santos

Anitta lança música natalina em espanhol e inglês

Giulia Be - Podcast - POPline na FM O Dia

Podcast: Ouça a entrevista de Giulia Be no programa de rádio POPline na FM O Dia!