Beijo e Bye Bye
Foto: Luan Gadelha
in ,

Beijo e Bye Bye: MC Rebecca sensualiza com gogoboys em clipe

Clipe faz parte do projeto “Outro Lado”.

Nesta quinta-feira (17) MC Rebecca lançou o clipe de “Beijo e Bye Bye“, o terceiro do EP visual “Outro Lado“. Anteriormente, ela já liberou “Pussy Gang” e “Bala“, finalizando na próxima semana com “Eu Só Faço O Que Quero“. O mais interessante é que todos os vídeos estão interligados e, ao final, ficará como um curta-metragem.

Beijo e Bye Bye
Foto: Luan Gadelha

No vídeo, MC Rebecca está toda sensual. Ela pega seu carro e vai para uma balada. Lá ela, seleciona gogoboys, mostrando o poder feminino. Ela também se diverte no pole dance e dança muito. No final das contas, tem um toque de sadomasoquismo – ela e as amigas prendem um rapaz por uma corda!

Estou realizada com a junção de diversos ritmos e com o formato que conseguimos criar, foi algo muito único e diferente de tudo o que eu já fiz! Escolhi o mês de junho por ser o do meu aniversário, queria dar um presente aos meus fãs e estou amando soltar um por semana. Criar toda uma expectativa, receber mensagens sobre a continuação e ver respostas positivas tem sido um máximo”, celebra MC Rebecca.

A idealização do projeto é da própria MC Rebecca, o que deixa ainda mais especial.

Assista ao clipe:

Curiosidades de bastidores

Em coletiva de imprensa, MC Rebecca contou situações inusitadas que aconteceram durante as gravações. “Primeiro foi o teste de covid-19, o cara enfiou quase no meu cérebro. Mas tem que fazer, né? Faz parte“, soltou ela.

Ela ainda cantou uma situação de flerte. “A minha gravadora estava registrando o making-of e aí um gogoboy pediu meu contato e o áudio pegou certinho. Eu nem sei onde está esse vídeo, mas existe. As pessoas confundem mundo, elas vão lá para trabalhar e vão pedindo o telefone. Também teve a unha. Eu costumo colocar unha postiça para colocar grande e toda hora caía“, revelou.

MC Rebecca ainda contou que teve inspiração nos filmes e séries para criar os clipes. “Doce Vingança” é um exemplo. “Tem muito disso da mulher ser violentada e depois ela retornar e se vingar“, explicou. Ela também citou “Sky Rojo” e “Kill Bill”.

Escrito por Caian Nunes

Sonastério lança série musical e fala sobre pandemia e novo selo

Mês da Comunidade LGBTQIA+

As Baías farão live celebrando o orgulho LGBTQIA+