in ,

Becky G diz que álbum “Mala Santa” representa sua mudança para uma imagem mais adulta: “não foi a transição mais fácil”

Becky G vai lançar seu primeiro álbum da carreira, o “Mala Santa”, neste 17 de outubro. Levando em consideração que ela começou sua carreira em 2012, demorou um bom tempo para isso acontecer. A evolução da sua imagem pessoal durante esse período, portanto, foi o que inspirou o título do disco, abrangendo seu lado “má” e “santa”.

“Todo mundo me conheceu em uma idade tão jovem e eu fui daquela transição daquela jovem namorada que todo mundo conheceu pela primeira vez até chegar na mulher, na frente de todo mundo, e não foi a transição mais fácil”, confessa ela em entrevista à Billboard. “Foi difícil para algumas pessoas aceitarem… Mas acho que agora as pessoas entendem e veem que ainda sou muito assim, querida, aquele anjinho que eles conheceram, só que também sou uma mulher”, explica.

Quando Becky começou, tinha apenas 15 anos. Com o tempo, ela foi ganhando confiança para mostrar um lado mais sensual que fez muito sucesso em faixas como “Sin Pijama” e “Mayores”. Esses grandes hits entraram como faixa bônus do “Mala Santa”.

“Aprendi muitas coisas ao longo do caminho que me prepararam e me inspiraram para esse exato momento”, completou ela.

Assista ao clipe da faixa título do álbum:

Escrito por Caian Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

“É big, é big”: Confira prévia de “Parabéns”, novo clipe de Pabllo Vittar com Psirico

Beyoncé, Ariana Grande, Taylor Swift e Katy Perry estão entre as mulheres mais bonitas do mundo de acordo com fórmula matemática