banner com link para rádio globo
Atriz de "As Branquelas" comemora sucesso no pornô: "meio de expressão"
(Foto: Divulgação)
in ,

Atriz de “As Branquelas” comemora sucesso no pornô: “meio de expressão”

Maitland Ward desistiu de Hollywood e apostou na indústria pornográfica.

A atriz Maitland Ward, do filme “As Branquelas”, migrou para a indústria de filmes pornográficos após desistir de Hollywood. Em entrevista ao Daily Star, ela afirmou estar muito satisfeita com a própria decisão.

“Eu tenho essa incrível oportunidade de ser selvagem e indomável como performer sexual. É um meio de expressão que você pode obter em qualquer outro lugar”, diz Maitland, que vende seus vídeos em serviços por assinatura.

Atriz de "As Branquelas" comemora sucesso no pornô: "meio de expressão"
(Foto: Divulgação)

Leia mais:

Hoje em dia, Maitland Ward embolsa cerca de seis dígitos por mês. Antes, ela disputada papéis pequenos em filmes e séries, e recebia muito menos dinheiro. Para ela, a mudança foi sábia.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Maitland Ward Baxter (@maitlandward)

Chloe Cherry, de “Euphoria”, fala: “trabalhei duro na indústria pornô”

Nunca foi segredo que Chloe Cherry, a Faye da 2ª temporada de “Euphoria”foi uma atriz pornô de sucesso. Ela não esconde isso de ninguém. Em entrevista ao podcast “Call Her Daddy”, Chloe falou sobre sua experiência na indústria de filmes explícitos: “fui uma estrela pornô por mutios anos. Trabalhei duro nessa indústria”.

“A única coisa ruim em trabalhar com pornografia é a forma como as pessoas vão te tratar fora da indústria. De repente, minhas amigas do ensino médio não queriam mais ser minhas amigas porque achavam que eu ia transar com o namorado delas. Tipo, ‘eu não quero nada com o seu namorado’. Perdi muitas amigas que achavam que eu não podia andar com elas. Ou os namorados delas falavam: ‘não, você não pode sair com ela’, e elas de fato concordavam”, lembra Chloe Cherry.

Chloe Cherry, de "Euphoria", fala: "trabalhei duro na indústria pornô"
(Foto: Divulgação)

Ela também não contou com apoio da família quando foi fazer filmes pornográficos. “Minha mãe me disse que o trabalho sexual é a coisa mais baixa que uma pessoa pode fazer”, diz. Isso não a impediu de fazer mais de 200 filmes pornográficos.

Escrito por Leonardo Torres

Zé Felipe comenta ‘polêmica’ de Jade Picon como atriz

Kendrick Lamar causa impacto com o álbum "Mr. Morale & The Big Steppers"

Kendrick Lamar causa impacto com o álbum “Mr. Morale & The Big Steppers”