(Foto: Divulgação)
in ,

“Arcanjo Renegado”: trilha sonora revela talentos da periferia carioca

Sany Pitbull buscou artistas em trens e saraus em favelas.

A série original da Globoplay “Arcanjo Renegado” estreia na tela da TV Globo no dia 4 de fevereiro, logo após o “BBB”. O programa traz uma trilha sonora muito interessante, revelando talentos periféricos. A música de abertura, “Ordem e Progresso”, por exemplo é do poeta Al-Neg.

A produção da Globo encomendou composições inéditas e exclusivas para artistas de favelas cariocas, do subúrbio do Rio de Janeiro e da Baixada Fluminense. A trilha de “Arcanjo Renegado” resulta eclética, passando por funk, rap, samba rock, pagode e gospel. O álbum com as músicas traz 50 faixas e está disponível nas plataformas digitais.

Ouça o álbum:

O produtor musical da trilha é Sany Pitbull, do Afroreggae. Ele, inclusive, envolveu na trilha egressos do sistema penal que fazem parte de um dos projetos da ONG, o “Segunda Chance”.

“Quando José Junior me chamou para fazer a trilha, falamos em fazer com grandes nomes da música, e depois, quando ele saiu da reunião, eu pensei: ‘isso não tem nada a ver com Afroreggae. Uma série do tamanho que é, sobre guerra contra as drogas, eu vou para campo encontrar novos talentos, vou peneirar’. Queria gente nova, mas não em idade, digo, artistas sem visibilidade e que tivessem com esse projeto uma chance de serem inseridos no mercado da música”, explica Sany.

"Arcanjo Renegado": trilha sonora revela talentos da periferia carioca
(Foto: Divulgação)

A pesquisa realmente aconteceu. O produtor buscou aristas em trens, metrôs e até na barca que liga Rio a Niterói. Mas Al-Neg, da música de abertura, foi descoberto em um sarau de poesia no Complexo do Alemão.

“Achava um artista, levava para o estúdio e começava a produzir. Ninguém usou a música que tinha na gaveta. Fizemos uma leitura do roteiro, para buscar algo feito especialmente para a série. Queira retomar uma coisa que o ‘hip hop’ fazia muito com Racionais. Não de embate, mas de conteúdo”, conta o produtor.

Escrito por Leonardo Torres

Pabllo Vittar parceria internacional

Pabllo Vittar fará parceria com MARINA?

Ivete Sangalo pode substituir Faustão em 2022, diz colunista