in

Após polêmica, remix de Alok para Mamonas Assassinas entra no Top 20 Viral Global do Spotify

As críticas de Rick Bonadio no Facebook serviram para chamar a atenção de todos para o remix de “Pelados em Santos” assinado por Alok. Desaprovada por Rick, que foi o produtor da versão original da banda Mamonas Assassinas, a versão remixada entrou para o Top 20 das faixas mais virais do mundo no Spotify. Está na frente, por exemplo, de “Real Friends” da Camila Cabello.

Alok lançou esse remix do single de 1995 na semana passada como uma homenagem aos Mamonas Assassinas, que foram um fenômeno no mercado nacional e tiveram a carreira encerrada bruscamente em 1996 com um acidente de avião. Rick Bonadio, que produziu todas as músicas da banda, não gostou do resultado da produção do DJ e postou o seguinte texto no Facebook: “o segundo acorde é um B menor e vc colocou maior mesmo mantendo as melodias de voz e metais. Vamos arrumar isso? Conceito é uma coisa, falta de musicalidade é outra. Tá péssimo e precisa ser mudado. #Peladosemsantos ‬ Os Mamonas não mereciam um remix tão ruim como esse. Espero que a galera que curte Mamonas não aceite esse tipo de desrespeito. Sinto que foi um remix feito de qqr jeito, as pressas e sem nenhum cuidado. Desculpem amigos mas estou bem puto” (sic).

Ouça o remix:

Alok não ficou calado ao ler a crítica. Em uma “live” no Instagram, rebateu afirmando que era a nota certa mas que, “dependendo de como é tocada, pode soar um pouquinho diferente”. Por ser uma releitura, ele acredita que tem o direito de mudar o arranjo e a estrutura da música. “A gente nunca divulgaria uma coisa dessas, mas a gente abriu mão de todos os direitos da música e todo o lucro é direcionado à família deles. A gente fez tudo isso em consenso com a família do Dinho (vocalista da banda)”, comentou, “Rick, obrigado pelo Marketing. Quero dar um recado para você. Ao invés de ficar aí só fazendo críticas destrutivas, por que você não vem aqui para o estúdio fazer críticas construtivas? De repente você tem algo pra ensinar pra gente e a gente pra você também. Vem dar uma atualizada”.

Rick Bonadio, mais uma vez, usou o Facebook para responder, dizendo que Alok estava enganando o público. “A nota está errada e você não pode ser assim simplista. O remix além de ter erro sim no B cortou e desfigurou a obra que é um legado para a música brasileira. Os Mamonas não podem ser conhecidos pelas novas gerações pela letra q você deixou no remix. Não se pode cortar a letra de uma obra dessa importância. Faltou respeito e maturidade a você. Não importa o que se fala e sim o que se faz. Sua obra também merece respeito porém quando você entra na dos outros precisa falar com as pessoas, pedir informações, entender. Os Mamonas fizeram famílias inteiras irem para as ruas chorarem a morte deles. Eram meus amigos. Coloque-se no seu lugar e baixe a bola. Respeita a música deles! Essa bronca serve para você aprender a ter mais humildade e também lembrar de sua responsabilidade social. Se quiser venha aqui no Midas e falamos pessoalmente. Coisa que você deveria ter feito antes de sair cortando letra e mudando Pelados em Santos. Ah outra coisa: acorde menor jamais soa maior. Todo músico sabe disso”.

Escrito por Leonardo Torres

“The Voice EUA”: Sia, Demi Lovato, Charlie Puth e Kelly Clarkson vão cantar na final

Novos certificados no Reino Unido: Niall Horan, Sam Smith, Drake, Clean Bandit, Taylor Swift e Sia