Foto: APCA
in ,

APCA elege os 50 melhores álbuns nacionais de 2021

A Associação Paulista dos Críticos de Arte elegerá o melhor lançamento do ano.

O júri especializado da APCA – Associação Paulista dos Críticos de Arte já se prepara para escolher os melhores de 2021 na indústria do entretenimento nacional e para começar, selecionou os 50 melhores álbuns do ano.

apca 2021
Foto: Divulgação

Leia mais:

O júri da APCA é formado pelos jornalistas Adriana de Barros (Portal Terra), Alexandre Matias (Trabalho Sujo), José Norberto Flesch (YouTuber), Marcelo Costa (Scream & Yell), Pedro Antunes (Tem Um Gato Na Minha Vitrola) e Roberta Martinelli (Rádio Eldorado e TV Cultura).

A lista de 50 títulos inclui lançamentos de Caetano Veloso, Duda Beat, Liniker, Linn da Quebrada, Manu Gavassi, Marina Sena, Pabllo Vittar, Rico Dalasam e muitos outros.

E um desses álbuns será escolhido o melhor álbum de 2021, em cerimônia que deverá acontecer no primeiro trimestre de 2022. Detalhes sobre a premiação, que tem no total 10 categorias, incluindo Artista do Ano e Revelação, serão revelados em breve.

Confira os 50 álbuns nacionais escolhidos como os melhores de 2021 pela APCA:

Alessandra Leão – “Acesa”

Amaro Freitas – “Sankofa”

Badsista – “Gueto Elegante”

BaianaSystem – “OxeAxeExu”

Bemti – “Logo Ali”

Blubell – “Música Solar Para Tempos Sombrios”

Bonifrate – “Corisco”

Caetano Veloso – “Meu Coco”

Charme Chulo – “O Negócio É O Seguinte”

Djonga – “Nu”

Don L – “Roteiro Pra Aïnouz, Vol. 2”

Duda Beat – “Te Amo Lá Fora”

Duda Brack – “Caco de Vidro”

Eliminadorzinho – “Rock Jr.”

FBC & VHOOR – “Baile”

Francisco, El Hombre – “Casa Francisco”

Fresno – “Vou Ter Que Me Virar”

Giovani Cidreira – “Nebulosa Baby”

In Venus – “Sintoma”

Índio da Cuíca – “Malandro 5 Estrelas”

Jadsa – “Olho de Vidro”

Jennifer Souza – “Pacífica Pedra Branca”

João Donato e Jards Macalé – “Síntese do Lance”

Jonathan Ferr – “Cura”

Juçara Marçal – “Delta Estácio Blues”

Juliana Linhares – “Nordeste Ficção”

Liège – “Ecdise”

Liniker – “Indigo Borboleta Anil”

Linn da Quebrada – “Trava Línguas”

Lupe de Lupe – “Lula”

Macaco Bong – “Mondo Verbero”

Manu Gavassi – “Gracinha”

Maria Portugal – “Erosão”

Marina Sena – “De Primeira”

Marisa Monte – “Portas”

Mateus Aleluia – “Afrocanto das Nações – Jêje”

Mbé – “Rocinha”

Nego Bala – “Da Boca do Lixo”

Pabllo Vittar – “Batidão Tropical”

Papangu – “Holoceno”

Psilosample – “Jornada Selvagem”

Rico Dalasam – ”Dolores Dala Guardião do Alívio”

Rodrigo Amarante – “Drama”

Sophia Chablau e Uma Enorme Perda de Tempo – “Sophia Chablau e Uma Enorme Perda de Tempo”

Sugar Kane – “Novidade Média”

Tagore – “Maya”

Tasha & Tracie – “Diretoria”

The Baggios – “Tupã-Rá”

Thiago França – “Bodiado”

Tuyo – “Chegamos Sozinhos em Casa”

Escrito por Kavad Medeiros

Adele vai da extrema tristeza ao encontro da luz em novo álbum

“30”: Álbum de Adele é o mais vendido do ano no formato vinil

Melody mostra prévia de “feat” com Anitta – ouça um trecho de “Fake Amor”