in ,

Anitta encontra com Fred De Palma na Itália e confirma primeira performance ao vivo de “Paloma”

Anitta finalmente está pessoalmente com Fred De Palma, rapper com quem está fazendo muito sucesso com a parceria “Paloma“. Eles se encontraram na Itália e confirmaram a primeira performance ao vivo da música mesta noite de sábado (08) na cidade italiana de La Praja, Gallipoli.

Anitta está na Itália
Foto: Divulgação

Palomachegou ao quinto lugar do Spotify da Itália, definitivamente um grande hit. Para impulsionar a divulgação, nada melhor que os dois juntos – e isso está acontecendo.

“Estou muito feliz de estar visitando a Itália e poder conhecer meus fãs daqui e curtir o resultado que é o sucesso de ‘Paloma’ no país”, comentou Anitta.

O encontro foi animado e contou até com um bolo decorado com a foto dos dois. O objetivo foi celebrar o sucesso e esse encontro tão esperado.

Ao desembarcar na Itália, Anitta comentou sobre o idioma. Ela está se esforçando para falar italiano. “As pessoas aqui não falam inglês, falam italiano. Tô gastando o italiano, tentando lembrar de quando aprendi [na infância]”, disse a cantora, “pelo menos os serviços básicos, estou sendo capaz de buscar pra gente – comida, check-in no hotel. Tudo eu tô sabendo falar, tô sendo capaz de entender”.

Anitta faz sucesso com Paloma
Foto: Divulgação

Anitta foi antes para Croácia

Anitta apareceu curtindo uma balada com a ex-BBB Ariadna na Croácia no fim de junho. Em um vídeo, Ariadna aparece beijando um homem e Anitta faz um sinal de aprovação. Contudo, nesta quarta-feira, 29, Ariadna revelou que sofreu transfobia do público. Após a divulgação do vídeo, internautas procuraram as redes sociais do rapaz enviando mensagens de que Ariadna era uma mulher trans.

Escrito por Caian Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Justin Bieber afirma que estava tendo um dia ruim, mas foi salvo por Jesus

Divulgação

Em carta, representantes de setores musical, audiovisual e editorial pedem à Câmara dos Deputados que não haja restrições aos direitos autorais