Anitta diz que bossa nova sofria preconceito como o funk
(Foto: Reprodução / Instagram @anitta)
in ,

Anitta diz que bossa nova sofria preconceito como o funk

“Quando a bossa nova nasceu, esse era o tipo de música urbana do Brasil. E sofria muito preconceito por conta de suas letras e sua sonoridade”, diz a cantora.

Anitta comparou a bossa nova e o funk em entrevista concedida para a rádio Los 40 do Chile, nesta semana. No bate-papo com o jornalista, ela explicou que os dois estilos musicais foram alvo de preconceito em seus primórdios.

“A bossa nova, antes de ser esse ícone do Brasil, sofreu muito preconceito por ser uma música urbana. Quando a bossa nova nasceu, esse era o tipo de música urbana do Brasil. E sofria muito preconceito por conta de suas letras e sua sonoridade. É o mesmo que acontece hoje com o funk”, declarou Anitta.

A bossa nova nasceu na Zona Sul do Rio de Janeiro – região ocupada pela elite carioca – nos anos 1950. Entre seus maiores nomes, estão João Gilberto, Tom Jobim e Vinicius de Moraes. A bossa era vista como um movimento de renovação do samba, influenciado pelo jazz norte-americano. Era um movimento de elite. O que sofreu preconceito mesmo foi o samba.

(Foto: Divulgação)

O samba foi perseguido no Brasil por décadas. Os artistas eram considerados vagabundos e chegavam a ser presos por estarem com instrumentos musicais nas mãos. O preconceito vinha de sua origem na periferia – oposta a da bossa nova. O samba surgiu entre ex-escravizados, de fato como música urbana. O racismo pautava o olhar da sociedade para o estilo musical, que provou sua qualidade e relevância com mais de 100 anos de história.

Anitta diz que bossa nova sofria preconceito como o funk
(Foto: Divulgação)

Ligação de Anitta com a bossa nova

Anitta explorou a bossa nova em seu novo single, “Girl From Rio”. A ideia foi dos produtores internacionais. Na música, ela usa um sample de “Garota de Ipanema” para contar sua própria história, apresentando ao mundo um olhar diferente sobre o Rio de Janeiro. No clipe, ela remonta a estética dos anos 1950 paralelamente a cenas contemporâneas da cantora de biquíni no Piscinão de Ramos, no subúrbio da cidade.

Essa é, na verdade, a segunda vez que Anitta usa bossa nova para suas experiências internacionais. Já havia acontecido em 2017, quando trabalhou com o produtor americano Poo Bear e lançou a música “Will I See You”.

Escrito por Leonardo Torres

Trailer de “Elite” tem ménage, casal lésbico e até novo príncipe

“Abracadabra 2” estreia no Disney+ em 2022; saiba detalhes!