in

Anitta defende o funk em entrevista na TV: “acho inteligentíssimo”

Anitta é a nova entrevistada do programa “Segue o Som”, da TV Brasil. O episódio com ela irá ao ar no sábado (5/8) às 14h, e uma prévia mostra o teor do bate-papo que foi gravado. Anitta aproveitou a oportunidade para discutir sobre o gênero funk – que virou alvo de um projeto de lei com intenção de criminalizá-lo. “Eu acho funk inteligentíssimo. É dificílimo fazer um funk que o povo goste. Eu acho muito difícil. Pode pedir para qualquer um desses críticos que dizem que é música besta, fácil demais, que qualquer um faz isso. Então, senta pra fazer. Eu quero ver fazer um funk que o povo vai gostar”.

A cantora começou sua carreira cantando em bailes funk. Suas primeiras músicas também eram enquadradas nesse gênero. Embora tenha migrado para o pop e para a mistura de estilos, Anitta nunca virou as costas para o funk. Em todos os seus shows, há um bloco dedicado a esse gênero. “É tudo muito peculiar, diferente e precioso na minha opinião. É uma batida que não deixa ninguém parado, que envolve, que toca em todos os lugares e descende de ritmos que foram para as elites – o eletrônico, o house mix”, afirmou. Confira o vídeo:

Ultimamente, a cantora é uma das grandes defensoras do estilo musical. “As pessoas acham que o funk é coisa da favela, feito de qualquer jeito, mas minha equipe não é assim. Ainda farei o gênero ser respeitado”, disse à revista Veja no fim do ano passado.

Escrito por Leonardo Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessibilidade: Milk estreia lyric video com linguagem de libras

“Sua Cara”, com Anitta e Pabllo Vittar, entra na programação da MTV britânica