Foto: Reprodução / Vogue
in ,

Angelina Jolie abre conta no Intagram e já ultrapassa 3 milhões de seguidores

Primeira publicação da atriz na rede foi uma carta de uma menina afegã.

De volta aos holofotes por seu papel no filme “Eternos”, da Marvel, que ganhou trailer nesta semana, Angelina Jolie agora está no Instagram. E já está bombando, ultrapassando, em poucas horas, a marca de 3 milhões de seguidores.

Angelina Jolie
Foto: Divulgação

Descrevendo-se como mãe, cineasta e enviada especial da ONU, o perfil de Angelina Jolie no Instagram alcançou 2 milhões de seguidores em cerca de duas horas, tornando-se um verdadeiro fenômeno na rede social.

Mas a missão da atriz no Instagram não é de mostrar o glamour de sua vida, mas sim de dar voz a quem não tem.

Angelina Jolie Instagram
Foto: Reprodução / Intagram

A primeira publicação de Angelina Jolie no Instagram foi uma carta de uma menina afegã. A carta reflete sobre o atual momento de Afeganistão, que está sendo retomado pelo regime extremista do Talibã.

“Essa é uma carta que recebi de uma menina adolescente no Afeganistão. Neste momento, as pessoas no Afeganistão estão perdendo sua habilidade de se comunicar nas mídias sociais e se expressar livremente. Então eu entrei no Instagram para compartilhar suas histórias e as vozes desses ao redor do mundo que estão lutando por seus direitos humanos básicos”, explicou Angelina.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Angelina Jolie (@angelinajolie)

Leia mais:

Confira a tradução da carta:

Eu sou uma jovem menina. Eu moro no Afeganistão, antes do Talibã chegar, nós todos íamos trabalhar e íamos para a escola devidamente. Nós tínhamos direitos, conseguíamos defender nossos direitos livremente, mas quando ele chegaram, nós todos temos medo deles e achamos que todos os nossos sonhos se foram. Nós achamos que nossos direitos foram violados. Não podemos sair. Trabalho e estudo estão distantes. Mas algumas pessoas dizem que o Talibã mudou, mas eu não acho isso, porque eles têm um passado muito ruim.

Um dia eles entraram em nossa casa e nós ficamos com medo. Depois desse dia, eu penso sobre o horário de ir para a escola de manhã. Nessa situação, por causa da existência deles, ou quando eu volto para casa do curso, o ar era escuro, mas eu podia voltar para casa facilmente, mas agora eu não posso ir ao curso com a mesma facilidade. Acho que meu curso será fechado. Talvez a gente tenha voltado 20 anos no passado, não temos direitos novamente. A vida de todos nós é sombria. 

Todos perdemos nossa liberdade e estamos presos novamente“.

Escrito por Kavad Medeiros

Vitão se pronuncia sobre o fim do namoro com Luísa Sonza

Filme sobre Canário Negro está em desenvolvimento pela HBO Max