Andrea Bocelli, que já contraiu Covid-19, critica governo italiano por quarentena (Foto: Reprodução de internet)
in ,

Andrea Bocelli, que já contraiu Covid-19, critica governo italiano por quarentena

O tenor Andrea Bocelli teceu duras críticas sobre a forma como o governo italiano tratou a pandemia de coronavírus no país. Contudo, o artista se disse “humilhado por conta do lockdown” e incitou as pessoas a desobedecerem as regras de quarentena em vigência. Além disso, disse desacreditar no Covid-19. Detalhe: o próprio recebeu diagnóstico “positivo” em março e transmitiu a doença à esposa e dois filhos.

Foto: Reprodução de internet

O comentário foi feito durante uma audiência no Senado italiano, em uma conferência na qual estavam presentes políticos de extrema-direita, que tem atacado o governo do primeiro-ministro Giuseppe Conte por sua condução da crise do coronavírus.

“Eu me senti humilhado e ofendido. Eu não podia deixar minha casa mesmo não cometendo nenhum crime”, disse Bocelli.

Entretanto a fala do cantor chamou atenção porque, no ápice do lockdown, ele foi o símbolo de união dos italianos na luta contra o Covid-19 ao cantar numa vazia Catedral de Milão no domingo de Páscoa. O evento “Music for Hope” foi transmitido ao vivo.

O lockdown na Itália teve início em março e seguiu-se pelos três meses seguintes, quando foram instauradas as fases de “reabertura”. Neste período, Bocelli confessou ter furado a quarentena e disse não ter conhecido ninguém que tenha precisado de tratamento intensivo.

Vale ressaltar que mais de 35 mil italianos morreram por conta do coronavírus.

Escrito por Daiv Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BLACKPINK divulga data de lançamento do primeiro álbum do grupo

Jade Baraldo lança versão em espanhol de "yo quiero!", já com videoclipe

POPline Feat: Jade Baraldo anuncia novo EP para o final de agosto