in

Amazon Prime Video lança a série “Em Casa com os Gil”, reality show da família Gil

A série documental estreia nesta sexta-feira (24) e promove um encontro intimista com a família de um dos artistas mais conhecido e admirado do país

Família Gil. Foto: Amazon Studios

O Amazon Prime Video estreia nesta sexta-feira (24) a série documental “Em Casa com os Gil”. O reality acompanha uma reunião da família  para a preparação da turnê em comemoração aos 80 anos de Gilberto Gil, que acontecerá na Europa. A próxima temporada já está confirmada pela plataforma.

Leia Mais:

Com cinco episódios, a série retrata uma dinâmica familiar, em Araras, no interior do Rio de Janeiro, para a escolha das canções para a turnê da Europa, que contará com a presença dos membros da família. Além disso, mostra a intimidade da rotina familiar e até uma festa junina de aniversário do cantor.

Além de Gilberto Gil, participam do reality Flora Gil, Preta Gil, Francisco Gil, Sol de Maria Gil, Rodrigo Godoy, Bela Gil, JP Demasi, Flor Gil, Nino Gil, Bem Gil, MãeAna, Bento Gil, Dom Gil, Sereno Gil, José Gil, Mariá Pinkusfeld, Roma Gil, Pina Gil, Maria Gil, Nara Gil, João Gil, Marília Gil, Fábio Almeida, Gabriel Gil, Lucas Gil e Pedro Gil.

Família Gil. Foto: Amazon Studios

A direção é assinada por Andrucha Waddington junto com Pedro Waddington e Rebeca Diniz. O roteiro é de Hermano Vianna e a produção é da Conspiração em parceria com a GeGe Produções Artísticas. 

O projeto “Em Casa com os Gil”

O projeto “Em Casa com os Gil” surgiu antes da pandemia da covid-19 por sugestão de Preta Gil, que expressou o desejo de juntar os membros da família para se apresentar na Europa junto com Gilberto Gil. 

“A Preta que sugeriu há uns anos. Ela tinha noção razoável das coisas que aconteciam quando a gente saia para fazer as excursões pela Europa e todos os lugares. Há muitos anos fazia isso, então ela sugeriu: ‘Pai, a gente podia ir com a família! Eu não conheço bem essa coisa de andar pelo mundo’, ela falou. ‘Então, vamos embora!’, respondi. Nos programamos uns anos atrás, mas aí chegou justamente a pandemia e impediu que nós fizéssemos esse trabalho que estamos fazendo agora, que é juntar todo mundo: filhos, netos, bisneta, amigos e colaboradores e sair cantando por aí pela Europa”, explica Gil.

Gilberto Gil. Foto: Amazon Studios

 A  dinâmica da série “Em Casa com os Gil”

 A série “Em Casa com os Gil” é construída a partir de uma dinâmica que propõe que cada membro da família sugira uma canção de Gilberto Gil para entrar na turnê. Além da defesa de cada escolha, os Gil, apresentam de uma forma sensível e intimista a próxima pessoa que vai apresentar a próxima canção. 

A dinâmica foi proposta pelo Hermano Vianna, que pediu que nós escolhêssemos 5 músicas que a gente gostaria que entrasse na turnê e ele elegeu uma. Hermano fez uma curadoria muito inteligente, fazendo “links” de um para o outro. Ele também escolheu quem a gente deveria chamar para apresentar a próxima canção. Acho que ficou algo muito pessoal e todos defenderam as suas músicas brilhantemente, elas têm um peso muito significativo para nós. Agora, se elas vão ficar ou não na turnê já é outra história, porque muitas nem sempre tem uma dinâmica de show e de turnê. Mas o importante é que a série está aí e as escolhas ficaram registradas”, conta Preta Gil.

Família Gil. Foto: Amazon Studios

Além de retratar a rotina familiar e ser um mergulho afetivo nos sucessos da carreira de Gilberto Gil, a série aborda assuntos como representatividade, diversidade, valores e preconceitos.

“A gente hoje em dia fala muito sobre representatividade. Essa palavra pode parecer fluída para algumas pessoas, mas para quem sente e se vê espelhado na tela de uma série pode ser muito importante. Somos uma família diversa. Meu pai misturou muita gente, muitas formas, muitos jeitos, gostos e cheiros. Eu acho que a gente passa uma verdade do que é para nós sermos pessoas negras mestiças, as questões do que cada um em sua geração passou em relação ao preconceito. Acho que as pessoas vão se identificar, principalmente, por colocarmos esses assuntos da maneira mais natural e verdadeira possível”, conta Preta Gil.

João, Bem, Gilberto e Preta Gil. Foto: Amazon Studios

De acordo com Gilberto Gil, o maior desafio durante as filmagens era oferecer uma jornada audiovisual com imagens, música e conversas, que fosse interessante para o público, tendo como foco uma família uma personalidade pública.

“O desafio para mim era de que maneira a nossa família poderia suprir esse papel de estar em foco como um grupo interessante, que despertasse interesse das pessoas através do seu desempenho, da sua voz, da sua música e do seu convívio. Na medida nos pusemos à disposição do trabalho, através das propostas do Andrucha, das sugestões do Hermano Vianna, trabalhamos e encaramos a ideia. Saber que estávamos ali, durante aquele mês que ficamos confinados, com a atitude profissional para realizar essa peça que está aí agora à disposição do público e que deve continuar com a temporada que a gente vai fazer na Europa”, conta Gilberto Gil.

Dom, Gilberto e Nino Gil. Foto: Amazon Studios

A linguagem do reality “Em Casa com os Gil”

Segundo Andrucha Waddington, diretor da série,  a parceria com a GeGe Produções Artísticas existe desde o começo da existência da Conspiração. Por isso, para ele, a série “Em Casa com os Gil” é a continuidade de um trabalho que foi abraçado pela Prime Video.

Eu sou um cara da Escola de Cinema Direto, como conceito básico, o documentarista não aparece. Eu tinha o desafio de fazer um doc-reality, então, a gente “desapareceu” nas gravações, usamos o roteiro como uma pauta, para que, a partir dele, fossem geradas conversas naturais dentro dos encontros que aconteciam no confinamento”, explica Andrucha. 

Família Gil. Foto: Amazon Studios

Ainda de acordo com Andrucha, as gravações contaram com 34 microfones e mais de 48 canais para retratar o convívio da família.  Além disso, a produção contou uma espécie de rodízio de equipe, incluindo os diretores Rebeca Diniz e Pedro Waddington, para captar o dia a dia da família ao longo dessa jornada de construção da turnê.

Família Gil. Foto: Amazon Studios

Para o diretor, o maior desafio foi montar uma estrutura com quase  50 profissionais em Araras, durante um período crítico da pandemia da covid-19, para trabalhar com segurança para não acontecer contágios. 

“A gente estava pronto para sair em turnê e veio a pandemia. A primeira temporada que é quase que um previous. É uma mistura de documentário com reality, porque os realities, em geral, tentam puxar nas picuinhas, de alguma maneira, que não são muito legais. Aqui aconteceu tudo que pode acontecer dentro de um reality, mas de uma maneira onde o que sobressaltou era uma família que é um exemplo.  Eu acho que nesse contexto, o confinamento, que tinha um motivo profissional, que era elaborar esse show. Através do roteiro tecido por Hermano Vianna, que conversou com todos os membros da família, criou-se uma pauta, onde a gente tinha a ordem do dia em um quadro que ficava na porta da cozinha e dizia tudo que ia acontecer”, revela Andrucha.

Nos episódios, é possível ver discordâncias entre os membros da família, divergências de opinião quando o assunto é futebol. Além das crianças que, com as suas personalidades, já mostram os seus talentos. 

Sol de Maria e Nino Gil. Foto: Amazon Studios

‘Em Casa com os Gil’: os ensaios para a turnê na Europa

Nas filmagens, a família Gil ensaiou as canções que foram escolhidas por eles para a turnê que acontecerá na Europa. Segundo Andrucha, um dos grandes desafios do projeto foi a complexidade sonora, que além de 34 canais abertos, tinha também o estúdio que o Bem Gil junto com o Daniel Carvalho produziram.

A gente não só sai com um produto audiovisual, mas sai com um long play gravado. Isso foi o fruto de uma aposta da equipe da Amazon Video Prime de documentar esse momento. Apesar das dificuldades, quando ninguém estava produzindo. Então, a gente foi para produzir no momento que o mundo estava parado, a gente conseguiu fazer uma polaroid muito poderosa desse momento retratando uma família que eu admiro muito.”

Família Gil. Foto: Amazon Studios

A parceria do diretor com a família é de mais de 30 anos, no entanto, segundo Andrucha,  as gravações em Araras os deixaram mais próximos do que nunca.

“Os dias que estão contados nessa primeira temporada, eu particularmente, não vou esquecer jamais. Aprendi muito como ser humano e eu acho que é um presente para o público poder dividir isso e essa experiência com o público. Como é elaborar um projeto desses, preparar uma turnê e como é sério esse trabalho e como a arte e a cultura são importantes para uma nação. Eu acho que o (Gilberto) Gil, como Ministro da Cultura, foi um dos maiores que o Brasil teve. A gente vive um momento hoje que a cultura está totalmente deixada de lado, mas nós somos mais fortes que isso. E, apesar de tudo, resistiremos. ‘Em Casa com os Gil’ é uma prova que não tem pandemia, não tem nada que pare a nossa voz.”

‘Em Casa com os Gil’: a parceira Amazon Video Prime, Conspiração e GeGe Produções Artísticas

Para Malu Miranda, head de originais da Amazon Prime Video,  a série é uma oportunidade única de acompanhar de perto uma família plural em um momento pandemia. 

“A produção aconteceu quando todo mundo estava em lockdown. Ao invés da gente colocar na gaveta, esperar e tentar entender o que ia acontecer com a humanidade naquele momento, resolvemos realmente olhar para dentro e produzir. Como é que essa família ia conseguir atravessar esse momento que todo mundo estava vivendo atrás das suas portas, dentro das suas casas. Foi uma bela oportunidade que a gente teve de mostrar essa parte introspectiva nessa temporada. Agora, é ir para fora em todos os sentidos, poder viajar, ver o impacto que isso vai ter nos grandes shows. Vai ser muito emocionante essa diferença”, diz Malu Miranda, head de originais da Amazon Prime Video.

Gilberto e Flora Gil. Foto: Amazon Studios

A nova temporada: Viajando com os Gil

De acordo com Malu Miranda, head de originais da Amazon Prime Video, ao contrário da primeira temporada, que retratou a rotina da família Gil dentro de casa, de uma forma intimista. A próxima já confirmada pela plataforma vai mostrar os membros do clã na turnê pela Europa, com novos encontros e com a volta dos concertos.

João, José e Gilberto Gil. Foto: Rita CarmoBiz

Escrito por Duda Monnerat

Trend “Ai Preto” domina o TikTok e famosos se jogam; veja!

ENTREVISTA: Letícia Hally fala sobre novo clipe e transformações na carreira: “Doloroso, mas me descobri”