in ,

Alfonso Herrera colhe os frutos de sua melhor decisão: afastar-se da música (e do RBD)

Alfonso Herrera se afasta do título de ex-RBD, consolida nome próprio e alça voos internacionais.

Alfonso Herrera colhe os frutos de sua melhor decisão: afastar-se da música (e do RBD)
(Foto: Getty Images / Uso autorizado POPline)

Alfonso Herrera, o Poncho, vive mais um auge em sua carreira. O ator mexicano, conhecido no Brasil por ter feito parte do RBD, participou da última temporada de “Ozark” da Netflix, deu voz ao Batman na versão espanhol da audiossérie “Batman Despertar” do Spotify, e está escalado para o filme norte-americano “Rebel Moon”, do diretor Zack Snyder, nome por trás de “300”, “Watchmen”, “O Homem de Aço” e “Liga da Justiça”. Afastar-se da música foi a melhor decisão de Poncho até hoje.

Alfonso Herrera colhe os frutos de sua melhor decisão: afastar-se da música (e do RBD)
(Foto: Getty Images – Uso autorizado POPline)

Leia mais:

Como parte do RBD, Alfonso Herrera cantou em espanhol, inglês e português; lançou nove álbuns de estúdio; vendeu milhões de cópias; e ficou em constante turnê mundial por três anos. Uma vida de popstar que muita gente sonhou, mas não ele. Foi Poncho o primeiro a levantar a ideia de botar fim no grupo famoso. Ele nunca se considerou cantor, e queria se dedicar à atuação.

Alfonso Herrera colhe os frutos de sua melhor decisão: afastar-se da música (e do RBD)
(Foto: Getty Images – Uso autorizado POPline)

Diferentemente dos outros integrantes do RBD, ele não tentou uma carreira musical solo. Deixou a música no auge e não se expôs a um possível fracasso. Nunca mais cantou profissionalmente. Além disso, sempre deixou claro que um reencontro do grupo não era compatível com suas aspirações profissionais. No ano passado, o RBD chegou a fazer um show virtual inédito, e ele não participou. Seu posicionamento é tão firme que a maioria dos fãs compreende e aceita.

“É claro que nós fãs do RBD gostaríamos de vê-lo cantando, pois a maioria o que conheceu assim, mas vê-lo ser reconhecido por seu excelente trabalho, fruto de um sonho, é extremamente gratificante pra nós. E certamente pra ele também”, diz Ronalt Condack, administrador das fan accounts @rbdmaniaco.

Alfonso Herrera colhe os frutos de sua melhor decisão: afastar-se da música (e do RBD)
Alfonso Herrera na época do RBD (Foto: Getty Images / Uso autorizado POPline)

Uma das carreiras mais interessantes do pós-RBD

Sem interesses musicais, Alfonso Herrera conseguiu se afastar do fantasma de ex-RBD, que acompanha a todos os outros membros em maior ou menor grau. “Alfonso já era famoso porque participou do filme ‘Amar Te Duele’ (2002), que até hoje é considerado um clássico da cultura pop no México”, o jornalista José Rivero, da Tv y Novelas, diz ao POPline, “custou-lhe muito remover o sobrenome ‘RBD’. Mas conseguiu com trabalho”.

Quando foi anunciado para o filme de Zack Snyder, nenhuma notícia no México o chamou de ex-RBD. Passado tanto tempo, existe uma geração que nem sabe que ele algum dia cantou. Ele é reconhecido como ator. “Sem dúvida, o que acabou ajudando-o a deixar de ser um ex-RBD foi ‘Sense8’. Talvez aquelas cenas com Lito [Miguel Ángel Silvestre] tenham convencido o México de que Alfonso realmente é um ator e não apenas mais um membro de um grupo pop”, pontua José.

Alfonso Herrera colhe os frutos de sua melhor decisão: afastar-se da música (e do RBD)
Alfonso Herrera em “O Exorcista” (Foto: Divulgação)

Leia mais:

Poncho também não faz mais novelas desde 2009. Como plano de carreira, ele buscou oportunidades em séries e filmes, afastando-se dos dramalhões da Televisa e ganhando credibilidade no mercado. Foi mais longe do que qualquer outro colega de grupo: integrou o elenco das americanas “Sense8”, “A Rainha do Sul” e “O Exorcista”, e protagonizou “El Baile de los 41”, “Sitiados: México” e “El Dandy”, sempre com personagens densos e diferentes entre si.

Alfonso Herrera colhe os frutos de sua melhor decisão: afastar-se da música (e do RBD)
Alfonso em “A Rainha do Sul” (Foto: Getty Images / Uso autorizado POPline)
Alfonso Herrera colhe os frutos de sua melhor decisão: afastar-se da música (e do RBD)
Alfonso Herrera na série “Sense8”, fenômeno de popularidade na Netflix (Foto: Divulgação)

O papel de Ignacio de la Torre no filme “El Baile de los 41”, baseado em um drama político real de homofobia, rendeu para ele o prêmio de melhor ator no Ariel Award, maior honraria do cinema mexicano. “Sua versatilidade sem dúvida faz diferença, e sua qualidade de interpretação ainda mais”, escreveu o jornalista Luis Fernando Eroch, do Publimetro, “ele se tornou um dos atores mexicanos mais importantes dos últimos tempos, e pouco a pouco se juntou entre os grandes para ser um deles”.

Trabalhos assim conferiram credibilidade a Poncho. O jornalista José Rivero explica que o RBD era tanto amado quanto odiado no México. Muitos criticavam os membros por não serem “artistas de verdade”. No pós-RBD, Alfonso Herrera pôde provar o contrário.

A melhor decisão de Alfonso Herrera foi se afastar da música (e do RBD)
Alfonso em “El Baile de los 41” (Foto: Netflix)

“Ele não é de polemicas. Quando se fala dele, é por seu trabalho (exceto há alguns meses quando se falou que traiu Diana Vázquez com a atriz Ana de la Reguera, o que ainda não está confirmado)”, explica o jornalista mexicano, “além disso, apesar de ter triunfado, ele não nega o passado, nem de ‘Rebelde’ nem de ‘Amar Te Duele’. Normalmente, certas celebridades que surgiram de um grupo pop nunca mais o mencionam, mas esse não é o caso de Alfonso”.

Escrito por Leonardo Torres

Saiba tudo sobre os ingressos do festival Primavera Sound em São Paulo

Web se revolta com elitismo de Gabriela Prioli no Carnaval