in ,

5 músicas que Dr. Luke assinou escondido ou com pseudônimo

(Foto: Getty Images / Uso autorizado POPline)

O produtor Dr. Luke sabe, talvez mais do que qualquer pessoa, o que é ser “cancelado”. Desde que foi acusado pela cantora Kesha e drogá-la e estuprá-la, o americano se tornou persona non grata para o grande público e passou a usar pseudônimos para continuar trabalhar. “Say So”, o hit da Doja Cat que acaba de chegar ao topo da parada americana, é uma produção dele. Para esse single, Dr. Luke adotou o nome fantasia de Tyson Trax. É apenas um de seus nicknames para driblar a antipatia popular.

A revista Variety, dos Estados Unidos, publicou uma matéria intitulada “Dr. Luak está de vola com o megasucesso de ‘Say So’ da Doja Cat, mas ele realmente tinha ido embora?”. A resposta é não. Enquanto enfrentava a batalha na Justiça – em fevereiro, ele venceu um processo de difamação contra Kesha – Dr. Luke seguiu trabalhando, “escondido”, e lançando novos talentos no mercado.

Confira cinco músicas produzidas por Dr. Luke

“Say So” – Doja Cat

Dr. Luke usou o pseudônimo de Tyson Trax para assinar essa faixa, que tem co-autoria e co-produção dele.

“A Little Work” – Fergie

Dr. Luke é co-autor dessa música que entrou no segundo álbum solo da Fergie, em 2017. A produção ficou nas mãos de Cirkut.

“On Ur Mind” – Ne-Yo

Dr. Luke assina a produção de três músicas do álbum “Good Man” do Ne-Yo, lançado em 2018. Mas aqui ele é creditado com o pseudônimo de Made In China. Os créditos também são divididos com Cirkut.

“Animal” – Trey Songz

Novamente assinando como Made In China, Dr. Luke dividu os créditos de produção de duas músicas do álbum “Tremaine” (2017) com Cirkut.

“Heart to Break” – Kim Petras

O maior sucesso da cantora no Youtube é uma co-produção de Dr. Luke e Cirkut. O produtor, na verdade, é o responsável por todos os trabalhos dela.

Escrito por Leonardo Torres

Zezé di Camargo e Luciano anunciam a data da próxima live

Você precisa ver Blue Ivy dançando “Mood 4 Eva” da Beyoncé