Rihanna, Beyoncé, Britney Spears e Madonna (Foto: Reprodução YouTube)
in ,

Rolling Stone elege os 30 clipes mais sexies de todos os tempos

Madonna, Beyoncé, Britney, Rihanna, Selena Gomez e outros nomes do pop estão na lista!

A estética mais sensual sempre andou de mãos dadas à música pop, mas foi com o lançamento da MTV em 1981 que a relação se tornou ainda mais explícita, com direito a vídeos arrebatadores como “Girls on Film” de Duran Duran até a construção dos impérios de Madonna e Prince sob uma vontade de romper limites.

Chris Isaak no clipe “Wicked Game” (Foto: Reprodução YouTube)

E para celebrar esses 30 anos de criações tão fascinantes, a revista Rolling Stone selecionou uma lista dos clipes mais sexies de todos os tempos! O ranking vai de Beyoncé, Britney Spears, Rihanna e, é claro, a rainha do pop Madonna, até Selena Gomez, Nicki Minaj e Michael Jackson!

Confira a lista completa:

30º — Cher, “If I Could Turn Back Time
29º — TLC, “Red Light Special
28º — FKA Twigs, “Papi Pacify
27º — Michael Jackson, “In the Closet
26º — Usher, “Confessions, Pt. II
25º — En Vogue, “Giving Him Something He Can Feel
24º — Robbie Williams, “Rock DJ
23º — Nicki Minaj, “Anaconda
22º — Enrique Iglesias, “Escape
21º — Shakira feat. Rihanna, “Can’t Remember to Forget You
20º — George Michael, “Freedom 90
19º — Christina Milian, “Dip It Low
18º — Fountains of Wayne, “Stacy’s Mom
17º — Paula Abdul, “Cold Hearted
16º — The White Stripes, “I Just Don’t Know What To Do With Myself
15º — Aerosmith, “Crazy
14º — Ciara feat. Ludacris, “Ride
13º — Madonna, “Express Yourself
12º — Selena Gomez, “Hands to Myself
11º — Duran Duran, “Girls on Film

10º — Beyoncé, “Partition

Quando Beyoncé liberou o álbum que leva seu nome em 2013, a música “Partition” se destacou. Com uma estética que remete ao cabaré parisiense, a cantora exibe figurinos sexies enquanto canta sobre colocar Jay-Z na parte de trás de uma limusine.

9º — Kanye West, “Fade

O treino inspirado no Flashdance de Teyana Taylor é o foco principal do vídeo da música “Fade“, lançada em 2016 por de Kanye West. A artista se junta a seu marido, Cleveland Cavaliers, e os instintos animais rapidamente assumem o controle. Vale o destaque para a cena dos dois tomando banho juntos.

8º — Rihanna, “S&M

A ideia de Rihanna em “S&M” é bastante simples, mas a diretora Melina Metsoukas quis tornar o clipe um pouco mais conceitual. O vídeo de 2011, brilhantemente colorido e ocasionalmente pateta, é uma alegoria para a “relação sadomasoquista da cantora com a imprensa… não se trata apenas de um monte de chicotes e correntes“, disse Matsoukas à Billboard em 2011.

7º — Fiona Apple, “Criminal

Criminal“, de Fiona Apple, transformou a estética “pornô amador” em 1997 mostrando um encontro de corpos enroscados que correspondiam ao clima de sua canção.

6º — D’Angelo, “Untitled (How Does it Feel)

A canção de D’Angelo, lançada em 2000, é uma sedução que se inspira em Marvin Gaye & Al Green, filtrada através do estilo pensativo do gênio musical. Mas o clipe, no qual o rapper não usa nada além de um crucifixo, foca em seu corpo e deixa a imaginação de quem o assiste correr livremente.

5º — Janet Jackson, “Any Time, Any Place

A fantasia de Janet Jackson é a principal obra do vídeo “Any Time, Any Place“, de 1994. No clipe a cantora leva seu vizinho até sua casa para fazer brincadeiras eróticas. Vale dizer que, segundo a Rolling Stone, o clipe também serviu como um anúncio sobre como o sexo seguro pode ser divertido – “a qualquer hora, em qualquer lugar“.

4º — Britney Spears, “I’m a Slave 4 U

O vídeo de “I’m A Slave 4 U” mostrou até onde Britney estava disposta a ir. É uma brincadeira com direito a muito suor em um clube de dança que parece ter saído de uma sauna, onde a cantora e seus dançarinos de apoio caem sob o feitiço da batida da canção.

3º — Madonna, “Justify My Love

Uma homenagem de quatro minutos ao cinema francês que se infiltrou nos gráficos pop foi o clipe em preto e branco de “Justify My Love” de Madonna. “Eu não tinha nenhum conceito, exceto a ideia de que [Madonna] estava chegando no hotel cansada, quebrada; e quando ela ia sair do hotel estava cheia de vida, estava cheia de energia, cheia de tudo“, disse o diretor Jean-Baptiste Mondino à Rolling Stone.

2º — Prince, “Kiss

Prince, sem dúvidas, merece sua própria lista de “vídeos mais sexy”. Como Madonna, seus clipes ajudaram a levar os departamentos de normas e práticas da MTV a novas direções. Mas o vídeo de “Kiss”, lançado em 1986, se destaca por mostrar os movimentos do artista ao lado da guitarrista Wendy Melvoin e da dançarina Monique Manning, cujo relacionamento lúdico com o cantor dá ao clipe uma carga extra erótica.

1º — Chris Isaak, “Wicked Game

Os ingredientes que compõem o vídeo de Chris Isaak de 1990 são bastante simples: um homem, uma mulher, uma praia. Mas sob a orientação do diretor Herb Ritts, essa equação se somou ao vídeo mais elegante de todos os tempos. Um clipe em preto e branco no qual o cantor e a modelo Helena Christensen sedutoramente descansam na areia enquanto as ondas surgiam ao som de um violão. A paixão ardente exibida por Isaak e Christensen exprime uma vulnerabilidade que ainda faz com que o simples conceito do vídeo se torne um sucesso décadas depois.

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Carolina Stramasso

BTS: veja performance de "Butter" no "CDTV"!

BTS: veja performances de “Butter” e “Film Out” no “CDTV”!

BTS: RM responde pedido para deixar cabelo preto

BTS: RM responde pedido de fã para deixar cabelo preto