Foto: Reprodução/YouTube
in ,

Álbum de Taylor Swift faz história e entra para seleta lista da Billboard 200

“1989” marcou em definitivo a guinada pop na carreira da cantora

Taylor Swift acaba de se juntar a um seletíssimo grupo na Billboard 200. O álbum 1989 completou sua 300ª semana na parada americana, tornando-se o quarto trabalho de uma artista feminina a alcançar tal marca.

“1989”, a guinada pop de Taylor Swift (Foto: Divulgação)

1989 estreou em 1º lugar em novembro de 2014, e ficou fora dos 200 mais vendidos em apenas 7 semanas. Na última atualização da Billboard 200, datada de 19 de setembro de 2020, 1989 aparece em 116º lugar.

O álbum responsável pela guinada pop de Taylor Swift junta-se a 21 (2011), de Adele (482 semanas), Born To Die (2012), de Lana Del Rey (364 semanas) e Tapestry (1971), de Carole King (318 semanas) como os únicos álbuns femininos que passaram pelo menos 300 semanas na Billboard 200. Curiosamente, três desses trabalhos foram premiados como “Album do Ano” no Grammy (com exceção a Lana Del Rey).

O álbum recordista em número de semanas na Billboard 200 de todos os tempos é o clássico Dark Side Of The Moon (1973), do Pink Floyd (950 semanas). Entre os artistas masculinos, o mais longevo é a coletânea Curtain Call: The Hits (2005), de Eminem (495 semanas).

Escrito por Daiv Santos

“Em 2010 não tinha Anitta e Ludmilla. Eu trouxe o funk pro hype”, diz Naldo Benny em entrevista

Cardi B Offset

Cardi B pede divórcio do rapper Offset após três anos juntos