in ,

“1984”: entenda por que Manu Gavassi escolheu esse livro para o clipe novo!

Manu Gavassi aparece lendo o livro “1984” logo na abertura de seu novo clipe, “Deve Ser Horrível Dormir Sem Mim”. A escolha não é avulsa. Trata-se de uma referência à sua participação no “Big Brother Brasil” – reality show no qual Manu terminou em 3º lugar. “1984” é considerado o livro que deu origem ao reality show.

"1984": entenda por que Manu Gavassi escolheu esse livro para o clipe novo!
(Foto: Reprodução / YouTube)
"1984": entenda por que Manu Gavassi escolheu esse livro para o clipe novo!
(Foto: Reprodução / YouTube)

A obra é do escritor britânico George Orwell (1903-1950) e foi publicada em 1949. A história acompanha o protagonista Winston Smith, que vive em um país 100% vigiado, sem acesso a informações externas. Isso te soa familiar? Talvez… a casa mais vigiada do Brasil? Pois é. Detalhe: na história, essa vigilância dos habitantes é feita pelo “Grande Irmão”, líder do partido, de identidade oculta.

“1984”, na verdade, é uma crítica a regimes totalitários, com vigilância onipresente e manipulação de informações. Mas as nuances da história inspiraram as premissas básicas do reality show “Big Brother”, que surgiu na Holanda. A ideia do programa é básica: um grupo de pessoas preso dentro de uma casa vigiada 24 horas por câmeras, sem contato com o mundo externo. Total “1984”.

Durante seu confinamento no programa, Manu Gavassi deixou vários vídeos gravados para serem publicados em suas redes sociais. Em um deles, ela já aparecia com o livro “1984”.

“1984” já inspirou outras músicas e clipes

Manu Gavassi não é a única a levar “1984” para a cultura pop. O álbum “Diamond Dogs” de David Bowie, de 1974, contém cinco canções inspiradas no romance: “We Are the Dead”, “Rock ‘n’ Roll With Me”, “Sweet Thing”, “1984” e “Big Brother”. Além disso, “1984 (For the Love of Big Brother)” é o título de um álbum do Eurythmics, que foi lançado originalmente em novembro de 1984 como trilha sonora parcial para a adaptação cinematográfica do livro de George Orwell.

O Rage Against the Machine lançou o álbum chamado “The Battle of Los Angeles” em 1999 com a faixa “Testify” contendo a frase “Quem controla o passado agora, controla o futuro, quem controla o presente agora, controla o passado”, slogan usado pelo partido governante no livro “1984”.

E tem mais! O líder do Muse, Matt Bellamy, disse que as faixas de seu álbum de 2009, “The Resistance”, foram inspirados em “1984”. A faixa título é uma referência ao romance de Winston e Julia, personagens do livro.

O Bad Religion lançou o álbum chamado “The Empire Strikes First” em 2004 com a faixa “Boot Stamping on a Human Face Forever”, com o título da canção sendo uma referência direta ao romance “1984”.

A canção “Spies” do Coldplay retrata a sociedade em geral ilustrada em “1984”, bem como o conceito de crime de pensamento (com referências à Polícia do Pensamento) e falta de liberdade.

Escrito por Leonardo Torres

Manu Gavassi e Chay Suede: uma timeline até o clipe "Deve Ser Horrível Dormir Sem Mim"

Manu Gavassi e Chay Suede: uma timeline até o clipe “Deve Ser Horrível Dormir Sem Mim”

"Deve Ser Horrível Dormir Sem Mim": entenda as referências que Gloria Groove faz na música com Manu Gavassi!

“Deve Ser Horrível Dormir Sem Mim”: entenda as referências que Gloria Groove faz na música com Manu Gavassi!