12 artistas trans que Marília Mendonça pode convidar para sua próxima live
(Foto: Reprodução / YouTube)
in ,

12 artistas trans que Marília Mendonça pode convidar para sua próxima live

Marília Mendonça quer se desculpar com a comunidade trans no Brasil, depois de ter feito uma “piada sem graça” em sua live no último fim de semana. A cantora prometeu se retratar em sua próxima “live”, com a mesma visibilidade que teve o incidente no último domingo. “Conto com vocês para me ajudarem a evoluir e me desconstruir todos os dias”, escreveu.

12 artistas trans que Marília Mendonça pode convidar para sua próxima live
(Foto: Reprodução / YouTube)

Segunda cantora mais ouvida do Brasil no Spotify, Marília Mendonça tem a chance de dar visibilidade para artistas trans em sua retratação. Já imaginou se ela levasse algum artista para uma participação especial em sua próxima transmissão ao vivo? O POPline traz uma lista de sugestões.

1. As Bahias e a Cozinha Mineira

O trio musical conta com duas mulheres trans em sua formação. O grupo já concorreu ao Prêmio Multishow e, no ano passado, foi indicado também ao Grammy Latino.

2. Charm Mone

Brasileira moradora de Berlim, Charm Mone lançou um EP recentemente. O single “Ay Ay” é em inglês.

3. Danny Bond

Danny Bond tem mais de 7,9 milhões de acessos em seu canal no YouTube. Seu clipe mais recente, “Tcheca”, ultrapassou 1,3 milhão de visualizações – mesmo sem gravadora e abertura da mídia para seu trabalho.

4. Liniker

A cantora trans Liniker anunciou a separação da banda Liniker e os Caramelows no início do ano e está em carreira solo. Já concorreu ao Grammy Latino. Recentemente, cantou com Gilberto Gil.

5. Linn da Quebrada

A artista trans se destacou no elenco da série “Segunda Chamada”, da TV Globo, e também participou do show de Karol Conka no Rock in Rio no ano passado. Além disso, protagonizou o documentário “BIXA TRAVESTY”, premiado em festivais internacionais.

6. Majur

Majur fez sucesso em 2019 com “AmarElo” ao lado de Emicida e Pabllo Vittar. A música foi indicada ao Prêmio Multishow. Majur também tem seu próprio EP, “Colorir”, e atraiu bastante atenção com o single “Náufrago”.

7. Mel Gonçalves

Muito conhecida como parte da extinta Banda Uó, Mel é uma grande ativista LGBTQIA+ e frequentemente usa as redes sociais para tratar das dificuldades enfrentadas por artistas trans.

8.Monna Brutal

A rapper trans participou do EP “Alegoria” da Gloria Groove e já cantou também com Tássia Reis e outros artistas. Recentemente, participou da “live” da Karol Conka.

9. Nick Cruz

Nick Cruz já conseguiu um milhão de acessos em seu clipe de “Me Sinto Bem”. O cantor trans tem contrato com a Warner Music.

10. Pepita

A artista trans, que despontou no segmento do funk antes de passar a dar conselhos amorosos na Internet, foi uma das que se pronunciaram sobre a polêmica com Marília Mendonça. O público certamente amaria vê-la na live da cantora.

11. Urias

O canal de Urias no YouTube já teve mais de 13 milhões de reproduções. O clipe de “Diaba” é seu maior sucesso e já foi premiado em festival internacional.

E, caso Marília Mendonça ache que o estilo musical dos artistas acima é um impedimento para uma parceria, o POPline tem uma dica também de cantora trans sertaneja. Lá vai:

12. BÔNUS: Alice Marcone

Ela tem dois singles lançados dentro do mesmo segmento de Marília Mendonça, “Amapô” e “Noite Quente”. Ela viveu a maior parte da vida na zona rural de Sâo Paulo e se tornou a primeira mulher trans do feminejo e cuirnejo.

Escrito por Leonardo Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rafa & Fredy: Médicos na linha de frente contra COVID-19 tem carreira musical em paralelo

Demi Lovato fala sobre problemas mentais de Kanye West

Demi Lovato divulga prévia de nova música de seu próximo álbum