Relembre algumas vezes em que Madonna fez declarações polêmicas
Em 23/01/17 às 11:58 Por: Caian Nunes | Madonna, Yeah! Notícias

A cantora Madonna deu o que falar durante a “Women’s March” (marcha das mulheres), no último sábado (21). O protesto contra as ações de Donald Trump teve vários artistas como adeptos, mas a loira foi, de longe, a que deu mais polêmica. Durante seu discurso ela mandou os haters “se f…”, assim como mandou o presidente fazer atos obscenos e chegou a falar que pensou em explodir a Casa Branca (tal declaração fez o Serviço Secreto investigar a cantora).

Mas para quem conhece a Madonna, sabe que falar o que pensa não é bem uma novidade. Relembre momentos de sua carreira onde ela não poupou palavras!

1. Falando palavrão na TV ao vivo

Em entrevista ao programa Late Show, com David Letterman, ela falou o mesmo palavrão muitas vezes. O apresentador chegou a questionar: “você sabe que está na televisão ao vivo?”, ela falou que sim. Logo depois de muitos comentários sobre o assunto, ela se pronunciou e disse “Você pode mostrar uma pessoa sendo explodida, e você não pode dizer ‘f***’? É tanta hipocrisia. O fato de que todo mundo contou quantos palavrões eu disse – isso é muito mente pequena.”

2. Crucificada na “Confessions Tour”

Na “Confessions Tour”, de 2006, ela entrava no palco crucificada, cantando “Live to Tell”. O público religioso achou isso tudo uma blasfêmia. Madonna falou sobre o assunto, confirmando que Jesus certamente aprovaria. “Meu desempenho não é nem anti-cristão, sacrilégio ou blasfêmia, pelo contrário, é meu apelo ao público para encorajar a humanidade a ajudar uns aos outros e a ver o mundo como um todo unificado. Creio no meu coração que se Jesus estivesse vivo hoje, estaria fazendo a mesma coisa”.

3. Declara seus planos de “dominar o mundo” no começo da carreira

Em 1984 ela participou do programa “Dick Clark’s American Bandstand” e, ao ser perguntada sobre os seus planos na vida profissional, ela respondeu: “dominar o mundo”. Assista:

4. Discurso honesto no Billboard’s Women in Music

No “Billboard’s Women in Music” de 2016 ela foi honrada com o prêmio de mulher do ano. Durante seu discurso ela disse, “Obrigada por reconhecer minha capacidade de continuar minha carreira por 34 anos diante do sexismo e da misoginia, do bullying constante e do abuso implacável”.



Relacionados Recentes

Por: Caian Nunes | Publicado em: Madonna, Yeah! Notícias
Revista tem capas alternativas.
Por: Amanda Faia | Publicado em: Madonna, Yeah! Notícias
"Estou feliz que elas agora são parte da nossa família", anunciou a cantora via Instagram.
ShopLine