Performance de Beyoncé no Grammy 2017 tem referência ao orixá Oxum
Em 17/02/17 às 13:33 Por: Leonardo Torres | Beyoncé, Yeah! Notícias

Um dos pontos altos do Grammy 2017, a performance de Beyoncé, com canções do álbum “Lemonade”, teve inúmeras referências, incluindo até a um orixá. Convidada pela MTV para avaliar a apresentação, a diretora de estudos visuais da Cornell University, Cheryl Finley identificou facilmente uma alusão a Oxum, deusa feminina das águas doces “associada à doçura, bondade, generosidade, calme a amor abundante”.

Assim como Beyoncé, que está grávida de gêmeo, Oxum também deu a luz a gêmeos, frutos de seu relacionamento com Xangô. Beyoncé fez referência a ela na cora elaborada em dourado e os acessórios em bronze, símbolo da riqueza acumulada pela deusa, que governou um palácio de bronze.

De acordo com Finley, a projeção de vídeo usada na performance também invocava a deusa africana da água Mami Wata, a deusa hindu Kali e a deusa romana Vênus. Jo Livingstone, escritor de cultura da The New Republic, também identifica evocações da arte medieval e renascentista.

beyonce-monalisa



Relacionados Recentes

Novo presidente do país derrubou medida que protegia estudantes transgênero em escolas públicas.
Por: Caian Nunes | Publicado em: Beyoncé, Yeah! Notícias
Cantora respeitará conselho de médicos de seguir agenda menos intensa.
ShopLine