OMG! Empresária de Mariah Carey acusa produção do evento de Ano Novo de sabotagem
Em 02/01/17 às 12:18 Por: Leonardo Torres | Oh My God!, Yeah! Notícias

A história de Mariah Carey exposta com um playback problemático ao vivo para todo os Estados Unidos pela TV não vai ficar por isso mesmo. Sua empresária Stella Bulochnikov emitiu um comunicado, publicado pela Billboard, acusando a produção do “Dick Clark’s New Year’s Rockin’ Eve with Ryan Seacrest” de sabotagem. Durante a apresentação, Mariah teve problemas no ponto de ouvido, e não tinha retorno.

“Nós falamos para a produção que os retornos não estavam funcionando 10 minutos antes da performance. Eles mudaram as baterias, e os pontos continuaram sem funcionar na frequência por quatro minutos antes do show”, ela narra, “Nós os informamos novamente, e eles continuaram a contagem regressiva, assegurando-a de que tudo funcionaria assim que ficassem ao vivo, o que nunca aconteceu – ao ponto que ela teve que tirar o retorno do ouvido, e não conseguia ouvir a música na multidão”. Como disse o tweet de Mariah, “merdas acontecem”.

Foi uma exposição constrangedora, no entanto. E culpa da produção do evento. “Depois do show, liguei para Mark Shimmel [produtor] e disse ‘o que aconteceu?’, ele disse ‘já te ligo’, depois me retornou, confirmando que o ponto de ouvido não funcionava, e sugerindo fazermos um comunicado juntos. Eu disse ‘de forma alguma!’. Eu pedi para não passar na Costa Oeste, e ele disse que não poderia fazer isso. Perguntei porque eles iriam querer transmitir uma performance com problemas técnicos, a menos que seja para prejudicá-la. Não é artisticamente amigável, especialmente quando o artista parou suas férias para presenteá-los no Ano Novo”.

A produção do evento diz, no entanto, que Mariah teve tempo de ensaio e chance de desistir se apresentar. Mas ela usou uma dublê de corpo para o ensaio e “tudo estava funcionando”. Em comunicado da Dick Clark Productions (DCP), lê-se: “em casos muito raros, existem erros técnicos na TV ao vivo, no entanto, uma investigação inicial indiciou que a DCP não tem qualquer envolvimento com os desafios associados à performance de Mariah Carey. Queremos deixar claro que temos todo o respeito por ela como artista, e reconhecemos suas tremendas conquistas na indústria”.

COMENTÁRIOS


ShopLine