Machine Gun Kelly defende Camila Cabello das acusações do Fifth Harmony: “não foi nada pelas costas”
Em 21/12/16 às 17:53 Por: Leonardo Torres | Oh My God!, Yeah! Notícias

O grupo Fifth Harmony comprou uma briga com Camila Cabello por meio de comunicados oficiais, após a cantora se desligar do projeto para seguir em carreira solo. Muita gente ficou surpresa e condenou o conteúdo das cartas abertas, tornando pública uma crise interna que não convinha compartilhar com fãs neste momento dramático. Machine Gun Kelly, como Shawn Mendes, decidiu se posicionar publicamente, em defesa de Camilla. Durante uma entrevista nesta semana, ele disse que a cantora é do bem e tratou sobre sua saída com a girlband, pessoalmente.

Machine Gun Kelly & Camila Cabello In Studio with the Shoboy Show

“Camila é uma pessoa forte, mas é uma menina nova e inocente. É uma bosta que essas pessoas virem as costas para ela. Todos esses comunicados deveriam ser tipo ‘fale sua parte e acabou’. Camila é uma estrela e o grupo não era algo formado em uma garagem. Elas foram colocadas juntas, então agradeçam por todos os anos e fiquem felizes pelas conquistas. Eu conheço Camila e não tem nenhum truque. Ela não fez nada pelas costas”, declarou o rapper.

BAD THINGS

Após a saída de Camila do grupo, o single “Bad Things”, com Machine, viu suas vendas aumentaram. No mesmo dia, aliás, o rapper divulgou que eles receberam o certificado de ouro nos Estados Unidos: uma felicidade. “Ficou parecendo que não foi o momento legal [para isso]. E eu sei que foi tudo tão genuíno. Eu não estou nesse grupo. Eu tenho uma relação com Camila e não tenho com elas, mas não gosto de ver ninguém implicando com alguém como ela”.

COMENTÁRIOS


Relacionados Recentes

Apresentador de TV foi demitido após crime.
Blogueiro acredita que ela deixou ideais políticos de lado por dinheiro.
ShopLine