“Houve muitos momentos em que tentaram sexualizar o Fifth Harmony para conseguir mais atenção”, reclama Camila Cabello
Em 11/01/17 às 13:00 Por: Leonardo Torres | Camila Cabello, Yeah! Notícias

Para quem quer entender um pouco da saída de Camila Cabello do Fifth Harmony, sua entrevista para Lena Dunham no podcast “Women of the Hour”. Embora divulgada no início deste ano, ela foi gravada no ano passado, quando Camila estava na girlband. No bate-papo, ela revelou seu desconforto com imposições ao grupo. “Especialmente em uma girlband, houve muitos momentos em que tentaram sexualizar a gente para conseguir mais atenção. Infelizmente, sexo vende”, ela declarou.

Segundo a cantora, ela se sentiu incomodada e desconfortável por diversas vezes, por fazer algo que não era a sua cara. A sexualização se manifestava em coreografias, figurinos, clipes, performances e ensaios fotográficos. “Não há nada errado em mostrar sexualidade. Se você tem isso dentro de si, é apenas uma expressão de quem você é. Se você quer compartilhar isso com as pessoas, maravilhoso. Amo. Veja a Rihanna. Ela é muito sexy. Ela vem do Planeta Sexy. Eu a adoro. Mesmo”. Mas esse não é o caso dela.

Com empresário só para ela e contrato solo com a gravadora, Camila pretende mostrar sua verdade para o público. Ela compôs muito nos anos de Fifth Harmony, em quartos de hotéis, como maneira de se expressar e encontrar seu lugar em um grupo pré-fabricado. Segundo a Billboard, seu primeiro single deverá sair entre março e abril.

COMENTÁRIOS


Relacionados Recentes

"Criatividade e escrever em banheiros de hotéis se tornaram uma necessidade", disse ela.
Veja o vídeo publicado pela cantora!
ShopLine