Ex-Pussycat Doll comenta áudio vazado de Lauren Jauregui: “bem-vinda à indústria”
Em 21/12/16 às 15:55 Por: Leonardo Torres | Oh My God!, Yeah! Notícias

Em meio ao caos instaurado no universo do Fifth Harmony nesta semana, um deles particularmente preocupou os fãs: o áudio vazado de Lauren Jauregui. Na gravação, que ninguém sabe de onde surgiu, a cantora reclama que o grupo é tratado como escravo fora das câmeras. O assunto delicado jogou os fãs contra a gravadora da girlband, mas Jessica Sutta, integrante do extinto Pussycat Dolls, não vê com surpresa nada disso. Questionada sobre o tema, ela brincou: “bem-vinda à indústria”.

95075750c8fbf53b90a9d85eb274ab95-e1444475377188

Sutta concedeu uma entrevista à BBC Newsbeat e disse que sua experiência no mundo da música como parte de uma girlband não foi muito diferente. “Por trás das câmeras, é muito difícil. É uma das indústrias mais loucas e competitivas, e realmente te tratam como escravo. É do jeito que é, mas você faz isso por causa dos fãs e pelo momento no palco. É muito duro”, comentou, “você trabalha dormindo pouco, comendo pouco, está constantemente ocupado… Parece loucura porque é uma experiência extraordinária, mas ainda assim é uma vida difícil. Como fã, você não percebe isso”.

Tais condições de trabalho interfere no relacionamento entre os membros do grupo, na opinião da cantora. São personalidades diferentes, diante de muito estresse. “Você tem que ser forte para estar nessa indústria, e para estar em uma girlband”, opinou, “nós não crescíamos mais e parecia que o grupo estava se separando ainda mais. Todas as relações que tive com toas as Pussycat eram como irmãs. Tenho amor por aquelas mulheres e não dá para descrever”.

COMENTÁRIOS


ShopLine