2016: o ano em que Brasil viu cinco turnês internacionais serem canceladas no país
Em 18/12/16 às 0:33 Por: Leonardo Torres | Oh My God!, Yeah! Notícias

Se 2016 foi difícil para economia e política brasileira, que dirá para o showbiz. O mercado de shows internacionais foi pouco movimentado no país e teve que lidar com cinco cancelamentos no país – alguns em cima da hora. Isso sem contar com grandes turnês, como “Formation” de Beyoncé e “Rebel Heart Tour” de Madonna; que sequer foram cogitadas para passar por aqui.

REVIVAL TOUR: Selena Gomez
A cantora tinha quatro shows em arenas marcados no Brasil para dezembro – Curitiba, Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro – e cancelou tudo em agosto, para tratar de depressão e ansiedade. Foi a segunda vez que ela cancelou sua turnê no país. Os ingressos ainda não haviam sido colocados à venda, por sorte.

selena

ANTI TOUR: Rihanna
A musa de Barbados estava prevista para cantar no Brasil em outubro, com uma etapa da turnê na América do Sul. O problema é que toda a agenda da região estava condicionada à sua participação no festival Lollapalooza de Bogotá, na Colômbia, e Rihanna não chegou a um acordo nas negociações, a tempo da divulgação da line-up. Resultado: a edição colombiana do festival foi inteiramente cancelada, e Rihanna nunca veio. A turnê dela foi encerrada antes da hora, em agosto.

selena

FUTURE NOW TOUR: Demi Lovato + Nick Jonas
Durante todo 2015, houve negociações para que a dupla estreasse sua turnê no Brasil em abril. Chegou-se a falar em shows em Belo Horizonte, São Paulo, Recife, Brasília e Rio de Janeiro. Mas então houve a epidemia da zika, as negociações foram suspensas, e a turnê ficou limitada à América do Norte. Demi acabou vindo sozinha, em dezembro, para substituir Selena Gomez no Z Festival.

selena

THE SWEET SWEET FANTASY TOUR: Mariah Carey
Falando poucos dias para seus shows em estádios de Curitiba, Porto Alegre e São Paulo, a diva americana anunciou o cancelamento de toda sua turnê latino-americana. Falou-se em negligência da produção local e falta de pagamento. Pelo Twitter, Mariah disse: “Estou devastada que meus shows no Chile, Argentina e Brasil tiveram que ser cancelados. Meus fãs merecem melhor tratamento do que receberam desses produtores. Amo meus fãs da América do Sul e eu vou fazer de tudo o que posso para visitá-los em 2017 da maneira apropriada. Obrigada pela compreensão”.

carey

DULCE MARÍA WORLD TOUR: Dulce María
A mexicana faria quatro shows no Brasil em novembro, acreditando que teria seu álbum lançado antes disso. Mas a gravadora adiou o disco para 2017, a contragosto da cantora, e ela preferiu suspender as apresentações no Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre e São Paulo até acertar o cronograma do álbum. Agora, os shows estão todos marcados para abril de 2017.

dulcej

COMENTÁRIOS


ShopLine